CA Notícias
Canal Alternativo de Notícias, as últimas notícias do mundo do desporto, da tecnologia e do entretenimento.

Crítica Cinema – “Na Praia de Chesil” (On Chesil Beach)

Um filme de Dominic Cooke.

“Na Praia de Chesil” é realizado por Dominic Cooke e baseado na obra literária com o mesmo nome de Ian McEwan. Conta com Saoirse Ronan num dos papéis principais, sendo que esta é já a segunda vez que a atriz interpreta uma personagem num filme inspirado no universo literário de McEwan – a primeira vez foi em “Expiação” (2007) num papel que lhe rendeu uma nomeação para o Óscar de Melhor Atriz Secundária, quando tinha apenas treze anos.


Mv5byzu5zja3ntktotm1mc00ogjllwfjy2utmgm1ndjkmzjjndq2xkeyxkfqcgdeqxvynza5ndk2oty@. V1

O filme situa-se principalmente nos anos sessenta e apresenta-nos um casal recém casado, em que marido e mulher são virgens. Na primeira noite de lua de mel tentam perder a virgindade, mas a rapariga tem medo, o que leva logo a várias discussões entre eles, estabelecendo um clima dramático na história.

De modo a explicar este medo, o filme mostra-nos vários flashbacks, que nos levam para anos diferentes, apresentando-nos os protagonistas em várias idades. Também através destes flashbacks ficamos a conhecer como o casal se conheceu. Talvez o principal problema do filme esteja precisamente aqui. Muitas vezes os flashbacks não aparecem em bons momentos e parecem nem fazer muito sentido. Se o filme nos apresentasse uma cronologia mais linear, provavelmente o resultado seria melhor. Assim torna-se um tanto cansativo.

Mv5bmwe5njuxzdgtztlmoc00yzrilwe3yjitnwy5ywiwymvmm2iwxkeyxkfqcgdeqxvyntc5otmwotq@. V1 Sy1000 Cr0,0,1500,1000 Al

Para além disto, “Na Praia de Chesil” tem momentos muito parados, que contrastam com a rapidez do final. Nos minutos finais, o filme acelera muito e devia ter demorado mais, de modo a dar tempo ao espectador para sentir algo, até porque o fim é muito triste – e chega a lembrar o final do filme “La La Land: Melodia de Amorde Damien Chazelle, pelo modo como as coisas acontecem.

No geral, “Na Praia de Chesil” parece apenas perder muito tempo com algumas coisas e torna-se num filme longo quando talvez as partes que deviam merecer mais atenção não são destacadas como deviam ser.

NA PRAIA DE CHESIL – trailer oficial legendado (Portugal)

ON CHESIL BEACH Nos cinemas a 5 de julho de 2018

60%

Na Praia de Chesil (On Chesil Beach)

Estamos no verão de 1962 e em Inglaterra falta ainda um ano para as grandes mudanças sociais: a Beatlemania, a revolução sexual e os Swinging Sixties. Florence e Edward, um jovem casal de vinte e poucos anos, recém-casados, decidem passar a sua lua-de-mel num hotel abafado e enfadonho perto da praia de Chesil, em Dorset. Mas à medida que se aproximam da consumação do casamento, a conversa entre eles fica mais tensa e incómoda e resulta numa discussão entre os dois. É então que confrontam as diferenças entre si - as suas diferentes origens, atitudes, temperamentos, e segredos. Na praia de Chesil, no fatídico dia do casamento, um deles toma uma decisão importante que mudará radicalmente as suas vidas para sempre.
  • Joana Maria

X