em

Belenenses crítica prazo de convocatória da Assembleia da SAD

Belenenses emite comunicado a criticar o prazo para convocatória da Assembleia Geral da SAD. De acordo com o avançado pelo emblema do Restelo a referida Assembleia tem como objetivo a aprovação das contas 2016/2017.

Leia o comunicado na íntegra:

Belenenses: Contas 2016/2017 podem trazer complicações

Na passada quinta-feira 14 de Junho de 2018, ao final do dia, os accionistas da SAD foram confrontados com a publicação de uma convocatória do Presidente da Mesa da Assembleia Geral para uma reunião da Assembleia Geral a realizar no domingo, dia 17 de Junho de 2018.

Seguindo os pontos da ordem de trabalhos, trata-se da Assembleia Geral respeitante ao exercício económico 2016/2017 (terminado há 10 meses e meio), a qual deveria ter ocorrido até ao final do mês de Setembro de 2017, que já tinha sido convocada em 5 de Abril de 2018 e que foi desconvocada, sem a indicação de uma nova data, em 8 de Maio de 2018.

A convocação de uma Assembleia Geral de uma sociedade anónima numa quinta-feira à noite para o domingo seguinte é um absurdo do ponto de vista do cumprimento das normas legais (um mês de antecedência, nos termos do artigo 377.º nº 4 do Código das Sociedades Comerciais), das normas estatutárias e do elementar bom senso.

Para além disso, trata-se de uma grave falta de cortesia e de respeito para com os accionistas, onde se encontra o Clube de Futebol “Os Belenenses” e diversos associados e simpatizantes do Clube.

Logo na sexta-feira, dia 15 de Junho de 2018, na sua qualidade de accionista, o Clube de Futebol “Os Belenenses” procurou, sem sucesso, entrar em contacto telefónico com o Dr. Carlos Grenha (representante do Fiscal Único, a quem compete assegurar o cumprimento da lei e dos estatutos).

Nesse mesmo dia, dirigiu uma exposição escrita ao Presidente da Mesa da Assembleia Geral e ao Fiscal Único para, de imediato, ser cancelada a convocatória e ser produzida uma nova que observe as regras que se lhe aplicam. Essas comunicações também não obtiveram qualquer resposta.

Qualquer que seja o fim visado por este absurdo e ilegal expediente, nada justifica esmagar os direitos dos accionistas, nomeadamente o elementar direito de participação numa Assembleia Geral, mais ainda numa Assembleia Geral obrigatória, visando apreciar e deliberar sobre as contas de um exercício que encerrou há quase um ano, bem como sobre o desempenho dos órgãos sociais.

O Clube de Futebol “Os Belenenses” lamenta que os membros dos órgãos sociais da SAD e a Codecity, depois de violarem de uma forma completa e profunda os direitos do Clube enquanto Clube Fundador, arrasem tão flagrantemente direitos elementares de todos os accionistas, entre os quais, recordamos, se encontram associados e simpatizantes. Também por isto, não é deixada ao Clube de Futebol “Os Belenenses” outra alternativa que não seja a de reagir pelos meios adequados.

Estádio do Restelo, 17 de Junho de 2018
A Direcção do Clube de Futebol “Os Belenenses”

Via

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Adega do Palácio Marquês de Pombal abriu hoje ao público

Liga Sport Zone - 1.º da final: Sporting CP 5-4 SL Benfica

Liga Sport Zone – 1.º da final: Sporting CP 5-4 SL Benfica