Street Fighter V, Street Fighter V Champion Edition (Playstation 4) | Análise Gaming
in , ,

Street Fighter V Champion Edition (Playstation 4) | Análise Gaming

Pois é, a Capcom decidiu dar de prenda do dia dos namorados a melhor experiência possível em Street Fighter V com este Street Fighter V Champion Edition Upgrade, que melhora a experiência para quem já tinha o jogo e também, ao mesmo tempo, dá o melhor Street Fighter V a quem nunca tinha jogado o jogo antes.

Já passaram 4 anos desde o lançamento conturbado de Street Fighter V. Não foi fácil para a Capcom lançar este jogo com apenas 16 personagens, o que, nos dias de hoje, é relativamente pouco. Além disso, também saiu sem modo arcade e, para piorar ainda mais saiu sem os personagens favoritos de grande parte da massa de fãs, como por exemplo Blanka. A consequência disto foi o seu gameplay incrível e a velocidade frenética terem sido deixados de lado. Sendo assim, poucos eram os motivos para deixar de jogar um Street Fighter 4, que estava bem polido e sólido em comparação com um jogo ainda em fase de desenvolvimento como o Street Fighter 5.


Street Fighter V Champion Edition foi lançado como standalone para quem não tem o jogo, ou então como add-on digital para quem já o tem. Aqui vão encontrar todo o conteúdo lançado no jogo, desde o seu lançamento (as 4 temporadas, por exemplo, estão todas aqui disponíveis) e se jogas Street Fighter 4 até aos dias de hoje, aqui tens a tua oportunidade de saltar para o 5 sem sentires falta de conteúdo. Este add-on sai, por enquanto, como exclusivo de PS4, em consolas, e também para PC. A versão testada foi para PS4.

Este jogo tem, neste momento, um story mode que eu acho um pouco curto para todas as personagens, assim como os modos normais de versus, online e offline, arcade, etc.

Podem contar com trinta e quatro cenários…  e realmente, os cenários do Street Fighter V são incríveis! E tem um melhoramento no balanceamento dos personagens, para ser mais justo nas lutas, e o novo V-skill 2. Mas o melhor de tudo é, sem dúvida, as 40 personagens, incluindo o Seth, um dos bosses favoritos dos fãs, que aqui poderão encontrá-lo tanto em homem como mulher. Para tanta personagem, o jogo tem para cima de 200 roupas, para teres a certeza que tens uma personagem original.

Estamos numa altura em que temos jogos do género mais recentes, como o Mortal Kombat ou mesmo o Dragon Ball Z, mas tendo em conta que a base deste jogo saiu em fevereiro de 2016 e que, por exemplo, o Mortal Kombat saiu em 2019, o Street Fighter V está extremamente bem polido e não sentes os gráficos desatualizados, nem mesmo os motores de combate. Tudo está extremamente bem balançado e, sem dúvida, que é um jogo a ter em atenção, principalmente para os fãs do género em questão.

Porém, não há bela sem senão… vamos, então, ver as coisas menos boas no jogo. A primeira é a publicidade com que estás sempre a ser bombardeado… num jogo! Nunca me senti tão “pressionado” a comprar novo conteúdo para o mesmo jogo, tendo em conta que esta versão é supostamente a definitiva! No meio de cada combate, acabas por levar sempre com uma publicidade a algo novo!

Depois, os menus do jogo são difíceis de entender, com muitas opções, o que, às vezes torna complicado de interagir. Outra coisa irritante acontece assim que ligas o jogo: és logo bombardeado com pequenos pop ups informativos, e que são uma constante no jogo… tens de estar sempre a passar à frente estas pequenas informações.

No entanto, mesmo assim nada que te estrague o prazer do jogo, que está bem polido.

No modo online também não tive dificuldade em encontrar malta para jogar e, neste momento, devem haver vários jogadores com o nível inicial. Sendo assim, se és um principiante de Street Fighter, não te preocupes, que o jogo pode te emparelhar com jogadores do teu nível.

Sinceramente, aconselho bastante para quem procura um jogo novo de luta, e também para a malta que esperava uma versão sólida do Street Fighter V, mesmo que a base do jogo já tenha perto de 5 anos.

 

Seu Jorge e Daniel Jobim actuam no Super Bock Arena a 5 de Julho

, Mais quatro músicos na corrida à Eurovisão: estes são os finalistas do Festival da Canção

Mais quatro músicos na corrida à Eurovisão: estes são os finalistas do Festival da Canção