in

Rui Pedro Soares: “A nossa decisão é recorrer”

Rui Pedro Soares, Caso Mateus, Gil Vicente, Belenenses, Belenenses SAD, Rui Pedro Soares: “A nossa decisão é recorrer”

Hoje, em conferência de imprensa realizada para anunciar a decisão da Belenenses SAD em relação ao “Caso Mateus”, do qual se soube na semana passada que o acórdão de Agosto de 2006 do Conselho de Justiça da FPF, que levou à descida do Gil Vicente e à manutenção do Belenenses foi considerado nulo pelo Tribunal Administrativo do Círculo de Lisboa, dando assim razão ao clube de Barcelos, Rui Pedro Soares revelou que o “Belenenses vai recorrer”

“Esta decisão que foi tomada mereceu a aprovação de variadíssimos dirigentes da Belenenses SAD desde 2005 até hoje, desde presidentes da SAD a presidentes de Assembleias Gerais, estando neste momento 3 presidentes da SAD presentes aqui na sala (António Soares, Duarte Ferreira e João Barbosa)”, referiu inicialmente.

“Nós decidimos recorrer da decisão do tribunal, porque o Belenenses não concorda. Os advogados do Belenenses, depois da análise feita, apresentaram à SAD as suas conclusões, e existem questões que se colocaram há dez anos que não se podem resolver sem que o Belenenses recorra.”

“Como havia muita ansiedade da opinião pública para saber a posição do Belenenses neste caso, não quisemos prolongar o prazo excessivamente (o Belenenses tinha até dia 11 Julho) para anunciar a nossa decisão, quatro dias apenas após a recepção da notificação do Tribunal, e podemos anunciar que a nossa decisão é recorrer.”

O Presidente da SAD dos azuis salientou que esta posição não deve ser vista como uma oposição directa ao Gil Vicente, mas sim uma defesa dos “interesses do Belenenses”.

“Esta decisão é em favor dos interesses do Belenenses, e não contra os interesses de seja quem favor. Em relação ao impacto na competição do Gil Vicente, isso não é uma decisão nossa, não somos nós que temos essa responsabilidade. Nós não fazemos mais do que defender os interesses e o bom nome do Belenenses e de antigos dirigentes”, disse.

Questionado se teria receio de uma possível descida do Belenenses devido a este caso, Rui Pedro Soares foi peremptório.

“O que está em causa neste processo não é uma possível descida do Belenenses, o Belenenses já desceu de divisão e já subiu, e o Gil Vicente igual. Não é por isso que estamos a fazer este recurso, mas sim porque existem várias questões que não ficariam resolvidas com esta decisão do Tribunal, tais como a questão da honra do Belenenses e de antigos dirigentes, e porque os nossos advogados não concordam com a decisão.”

O dirigente do Belenenses referiu que esta tomada de posição não foi comunicada previamente nem à LPFP, nem à Federação.

“Não informamos nem a Federação nem a Liga, porque existem 3 entidades envolvidas neste processo, o Belenenses não teve de informar nenhuma das entidades, tal como elas não informaram previamente o Belenenses. Mas não vemos nesse aspecto nada de relevante.”

Rui Pedro Soares para terminar ressalvou novamente o facto de a decisão do Belenenses ter sido tomada em apenas quatro dias após a recepção da notificação, quando tinha um prazo até dia 11 de Julho, para não prejudicar as organizações do Futebol em Portugal.

Antevisão Euro 2016: Grupo F

, Vendas da Nintendo 3DS ultrapassou 60 milhões de unidades

Vendas da Nintendo 3DS ultrapassou 60 milhões de unidades