in

Quim Machado: “O Belenenses é um clube exigente”

Quim Machado,Belenenses,Feirense, Quim Machado: “O Belenenses é um clube exigente”

Quim Machado, falou aos jornalistas após a derrota por 2-1 em casa frente ao Feirense, em jogo a contar para a 27ª jornada da Liga NOS 2016/17, reconhecendo que o jogo foi dividido, e que o resultado mais adequado teria sido a divisão de pontos.


“Fizemos uma grande primeira parte, com grande qualidade e criámos várias oportunidades. Poderíamos mesmo ter feito o 2-0, numa jogada entre o Florent e o Miguel Rosa, mas depois o Juanto acaba por rematar por cima. Tivemos o domínio total do jogo na primeira parte e conseguimos facilmente chegar à área.
Ao intervalo, avisámos os jogadores para o que poderíamos esperar do Feirense, que consegue controlar o adversário a espaços. É uma equipa que vem numa fase boa. Tivemos 15 ou 20 minutos em que revelámos alguma intranquilidade, que não se justificava. Falhámos passes que normalmente não se falham, o Feirense acreditou no nosso erro e chegou à igualdade. Mesmo assim, voltámos a controlar o jogo e, depois, chega o penálti. Por aquilo que o Belenenses fez na primeira parte e o Feirense na segunda, o empate era o resultado mais justo.”, afirmou.

O técnico dos azuis do Restelo falou ainda sobre o facto de se terem ouvidos assobios na bancada, fruto da terceira derrota seguida no campeonato, depois de jogos frente ao Benfica, Sp.Braga e Feirense.

“É preferível trabalhar sobre vitórias do que sobre derrotas, mas sabemos que isto acontece. Perdemos com dois adversários difíceis, como são o Benfica e o Sp. Braga. A nossa eficácia não tem sido boa.
O Belenenses é um clube exigente, pelo historial, que quer ganhar sempre, mas não podemos esquecer que o objectivo para este ano era a manutenção. Foi o que me pediram e conseguimos isso a 10 jornadas do fim. Queríamos ganhar este jogo, porque poderíamos encostar aos clubes que estão a lutar pelo sexto lugar.”

Fonte | MaisFutebol

, Resumo: Belenenses 1-2 Feirense

Resumo: Belenenses 1-2 Feirense

, Nuno Manta: “Faltam dois pontos para a permanência”

Nuno Manta: “Faltam dois pontos para a permanência”