em , ,

NOS Alive’ 19 – 5 concertos imperdíveis de 13 de Julho

Mandatory Credit: Photo by Danny Payne/REX/Shutterstock (8891801m) Radiohead - Thom Yorke Radiohead in concert at Old Trafford LCCC, Manchester, UK - 04 Jul 2017

Saiba o que esperar do terceiro e último dia (13 de Julho) do NOS Alive’ 19 no Passeio Marítimo de Algés. Conheça os 5 concertos que destacamos do cartaz do terceiro dia do NOS Alive.

O NOS Alive está de regresso. O evento que acontece desde 2007 no Passeio Marítimo de Algés terá o início da sua 13ª edição marcada para dia 11 de Julho.

Para facilitar a vida dos festivaleiros, e lhes permitir o usufruto na totalidade do festival, deixamos aqui as nossas sugestões para o terceiro dia do NOS Alive’ 19. Fiquem com os 5 concertos que achamos que nenhum festivaleiro deve perder nesse dia:

Idles – 20:30 – Palco Sagres

Os Idles, que no passado mês de novembro visitaram Lisboa pela primeira vez para apresentarem o álbum de estreia “Joy As An Act of Resistance”, com um concerto esgotado, absolutamente extraordinário, no LAV – Lisboa ao Vivo, vão subir ao Palco Sagres do NOS Alive, dia 13 de julho para mostrarem porque são hoje apontados como uma das melhores bandas punk rock do Reino Unido.

Bon Iver – 21:20 – Palco NOS

Os três discos editados, “For Emma, Forever Ago”, “Bon Iver, Bon Iver” e “22, A Million”, foram alvo de fortes elogios por parte da crítica especializada e dos fãs, com muitos dos temas a rodarem nas principais rádios mundiais, como é o caso de “Skinny Love”, “Holocene” ou “33 ‘God’”. Com apenas três trabalhos de estúdio, Bon Iver já arrecadou dois Grammy nas categorias “Best Alternative Music Album” e “Best New Artist”.

O terceiro álbum “22, A Million” representou um enorme marco, com uma clara mudança estilística, onde as guitarras acústicas são trocadas por teclados e sintetizadores, abandonando toda a essência folk. O disco foi alvo de elogios pela prestigiada publicação Pitchfork, que os colocou ao nível de Radiohead: “O primeiro album de Bon Iver em cinco anos toma um rumo inesperado em direção ao estranho e experimental. No entanto, por trás das falhas organizadas e das vozes processadas, existem canções profundas e sentidas sobre a incerteza”.

The Smashing Pumpkins – 23:30 – Palco NOS

Os The Smashing Pumpkins, banda lendária de rock alternativo, vão subir ao palco NOS dia 13 de julho, dia que encerra a 13.ª edição do NOS Alive. A banda traz ao Passeio Marítimo de Algés a celebração do novo álbum “Shiny and Oh So Bright, Vol. 1 / LP: No Past. No Future. No Sun”, que é o primeiro trabalho de estúdio do grupo em 18 anos, que reúne os membros fundadores Billy Corgan, James Iha, Jimmy Chamberlin e o guitarrista de longa data Jeff Schroeder.

Thom Yorke – 00:00 – Palco Sagres

Juntamente com o seu produtor e colaborador de longa data Nigel Godrich e o artista visual Tarik Barri, o vocalista britânico vai subir ao Palco Sagres dia 13 de julho com um espectáculo que abrange os seus trabalhos a solo, The Eraser, Tomorrow’s Modern Boxes e o mais recente Anima, assim como AMOK, do projeto Atom’s For Peace.

2019 é o ano em que os fãs portugueses vão finalmente poder desfrutar da evolução sonora na qual Thom Yorke tem trabalhado ao longo das últimas décadas. Numa fusão perfeita entre as batidas eletrónicas e a voz, esta viagem sonora promete ser um dos pontos altos do NOS Alive’19.

The Blaze – 02:30 – Palco Sagres

The Blaze nasceram quando Jonathan pediu ajuda a Guillaume para criar um tema para o vídeo de um trabalho escolar. O nome foi adoptado por significar algo quente, forte, como o amor e a esperança, “algo capaz de destruir estereótipos”.

O resultado é um som hipnotizante, que se desenvolve lentamente, e que pode ser visto em “Virile”. Mantendo o impulso desencadeado pelo primeiro vídeo, os The Blaze começaram 2017 com o EP de estreia, Territory, onde seguiram o rito de iniciação para o qual nos convidaram em “Virile”. O vídeo de “Territory” é mais uma produção surpreendente, com imagens poderosas e melodias pungentes e que incorpora a fúria de uma banda cuja habilidade de interpretação como produtora de vídeo e música não precisa de mais apresentações.

Caso não concorde com estas nossas escolhas, existem muitas outras opções. Pode também fazer o seu planeamento, seguindo os horários oficiais do festival:

De The Cure a Gavin James: todos os horários dos concertos do NOS Alive

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

The embed thumbnail

Residências Orpea Desenvolvem “Manifesto de Bons Tratos”

Otherhood | Trailer Oficial | Netflix

Otherhood | Trailer Oficial | Netflix