in

Mário Silva Carvalho e Marjorie Lu são as duas primeiras apostas da Saída de Emergência em 2018

CA Notícias | Entretenimento, desporto, tecnologia e lifestyle

A Saída de Emergência conta com duas novidades já neste mês de Janeiro, começando 2018 com o pé direito.

Monstress – O Sangue (Vol.2)”, e Marjorie Lu e com ilustrações de Sana Takeda. Neste livro de fantasia, temos um mundo alternativo repleto de beleza art déco que é inspirado na Ásia Oriental, onde as criaturas demoníacas e poderosas ameaçam o mundo. Maika Meiolobo está a ser perseguida por uma coligação de forças que está determinada a controlar e a destruir a poderosa criatura demoníaca dentro de si. No entanto, Maika não vai descansar até cumprir a sua missão: descobrir os segredos da sua falecida mãe, Moriko.

Esta é a sequela da jornada de Maika, que a levará até à cidade de Thyria, controlada por piratas, e através da misteriosa Ilha dos Ossos. Será uma viagem que vai forçar Maika a reavaliar o seu passado, o seu presente e o seu futuro, onde irá aprender que não pode confiar em ninguém, nem mesmo no seu próprio corpo.

O livro estará à venda a partir do dia 19 de Janeiro.

A segunda aposta é o livro “A Amazona Portuguesa” das mãos de Mário Silva Carvalho, que também estará disponível a partir do dia 19 de Janeiro. Esta obra é inspirada numa história verdadeira de uma jovem que, se disfarçou de rapaz e acabou por conquistar honras e regalias no exército português.

Em 1580, nos arredores de Aveiro, nasceu Antónia Rodrigues, uma menina de feitio rebelde e mão pesada. Aos 12 anos a sua beleza já atrai pretendentes mas, depois de agredir um mais atrevido acaba por ser forçada a fugir para Lisboa. No entanto, a jovem não se consegue adaptar à vida na metrópole e os seus sonhos começam a levantar voo quando começa a ver as caravelas a partir para além-mar. E começa a pensar, “se ao menos tivesse nascido rapaz”.

Acaba por se disfarçar de rapaz e parte para a praça-forte de Mazagão, em Marrocos e a sua valentia contra os mouros é tal, que cedo se torna num dos militares mais respeitados pelos homens e cobiçado pelas mulheres. Os seus feitos foram cantados em toda a Europa e o próprio Rei Filipe II conferiu-lhe diversas condecorações reais.

Para todos os que não a conhecem e para os que já não se lembram, este romance histórico, cheio de acção e aventura, corrige a injustiça de forma exemplar e recorda a heroína nacional que estava esquecida.

CA Notícias | Entretenimento, desporto, tecnologia e lifestyle

Box Office – Os filmes mais vistos em Portugal, ao longo de 2017

CA Notícias | Entretenimento, desporto, tecnologia e lifestyle

“Pecados Santos” é uma viagem ao lado mais negro da condição humana