CA Notícias
Canal Alternativo de Notícias, as últimas notícias do mundo do desporto, da tecnologia e do entretenimento.

Férias no interior do país: seguindo o exemplo de Marcelo Rebelo de Sousa

Por ocasião da cerimónia de homenagem às vítimas dos incêndios de 2017, o Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, mostrou a intenção de passar férias nas zonas afetadas pelos incêndios e incentivou os portugueses a seguirem o seu exemplo.


Fique com algumas sugestões de locais a visitar e de atividades a realizar nas zonas de Pedrogão Grande e de Castanheira de Pêra.

Pedrogão Grande

Praia Fluvial do Mosteiro
Trata-se de uma praia rural integrada na rede das praias fluviais do pinhal interior norte. Esta praia fluvial, para além da qualidade da água, oferece aos seus visitantes várias atividades como a canoagem (é possível alugar canaos no local). A zona está equipada com bar e restaurante.Praia Fluvial MosteiroPraia Fluvial da Albufeira do Cabril
Fronteira entre o concelho da Sertã e o de Pedrógão Grande, a Barragem do Cabril é o destino perfeito para aproveitar o melhor que o rio Zêzere tem para oferecer. Na albufeira funciona também o Clube Náutico de Pedrógão Grande, que oferece passeios de barco, canoa e caiaque. Anualmente, a Barragem do Cabril  recebe também provas de competição de Triatlo.Cabril

Parque de Campismo de Pedrógão Grande
Situado no Vale de Góis, próximo da Barragem do Cabril, é um excelente espaço para umas férias em família. O parque encontra-se equipado com balneários, bar, mercearia, churrasqueiras, área de serviço para autocaravanas, piscina e sala de convívio com TV Cabo e wireless. Para além do parque de autocaravanas e do espaço para tendas, o parque dispõe se bungalows.

Percursos Pedestres
Existem vários percursos pedestres na região de Pedrogão Grande, que variam em extensão e dificuldade. Todos eles permitem usufruir de um passeio único, em contato com o patrim+onio natural, cultural e arquitetónico do concelho.Percursos PedestresMonumentos
Os primeiros registos de Pedrogão Grande como concelho remotam ao século XIII, existindo registos arqueológicos mais antigos e que remontam à pré-história. É, portanto, uma região rica em monumentos históricos que merecem serem visitados. Alguns exemplos são a Igraja Matriz (século XIII), a Igraja da Misericórdia (século XV) e Museu de Arte Sacra, a Capela de Nossa Senhora dos Milagres (século XIX) ou a Ponte Filipina (século XVII).Ponte FilipinaCastanheira de Pêra

Praia das Rocas
A Praia Fluvial das Rocas é um complexo de lazer, animação e divertimento situado num lago com quase 1 km de extensão. A piscina de ondas (a maior do país) é a maior atração do complexo. O local permite aos seus visitantes passeios de barco a remos ou em gaivota e está equipado com bar, restaurante e bungalows localizados no recinto do complexo.Praia Das RocasPraia Fluvial Poço da Corga
Situada no leito da Ribeira de Pêra, de águas límpidas e cristalinas, a Praia Fluvial do Poço Corga proporciona ao visitante a tranquilidade e serenidade necessárias para renovar forças e deliciar o corpo e o espírito. Nos terrenos anexos à praia, encontra-se o Museu “Lagar do Corga”, antigo lagar movido a energia hidráulica. A qualidade da água, o acesso pedonal, as rampas de acesso para pessoas com mobilidade reduzida, as instalações sanitárias adaptadas e com acesso facilitado, o serviço de primeiros socorros com nadador-salvador, durante a época balnear, são algumas das mais-valias oferecidas por esta Praia.CorgaCapela e Poços de St. António da Neve
Neste local existem edifícios circulares para onde era arrastada a neve. Antigamente, à medida que a neve ia caindo, era recolhida e despejada para dentro dos neveiros, onde se transformava em gelo. Já com o poço cheio, a neve era coberta com palha e fetos, de modo a conservá-la até ao Verão. Quando chegava o tempo quente, o gelo era cortado e seguia em grandes blocos para as cortes reais de Lisboa.PoÇos St Antonio Da Neve

X