in ,

Top 5 – Filmes com Cate Blanchett

, Top 5 – Filmes com Cate Blanchett

A grande estreia desta semana é o filme “O Mistério da Casa do Relógio”, realizado por Eli Roth, que conta com Cate Blanchett num dos papéis principais. Sendo esta uma das atrizes mais famosas de Hollywood, decidimos trazer uma lista composta por aqueles que consideramos serem os seus filmes mais relevantes e de modo a mostrarmos papéis distintos representados pela atriz.

  1. “Carol” (2015), realizado por Todd Haynes.

“Carol” acompanha a jovem Therese Belivet (interpretada por Rooney Mara), que tem um emprego entediante na secção de brinquedos de uma loja, até que, certo dia, conhece Carol Aird (Cate Blanchett), uma cliente que procura um presente de Natal para a sua filha. Carol, que está prestes a divorciar-se de Harge (Kyle Chandler), também não está feliz com a sua vida. As duas começam a aproximar-se cada vez mais e, quando Harge a impede de passar o Natal com a filha, Carol convida Therese para fazer uma viagem pelos Estados Unidos.

O desempenho de Cate Blanchett neste filme valeu-lhe uma nomeação ao Oscar de Melhor Atriz em 2016.

  1. Trilogia “O Senhor dos Anéis” (2001 a 2003), realizada por Peter Jackson.

Numa terra fantástica e única chamada Terra-Média, um hobbit recebe como presente do seu tio um Anel mágico e maligno que precisa de ser destruído antes que caia nas mãos do mal. Para isso o hobbit Frodo Baggins (interpretado por Elijah Wood) e os seus companheiros terão um caminho árduo pela frente, onde encontrarão muitos obstáculos.

Eternamente conhecida pelos fãs da trilogia de Peter Jackson, Cate Blanchett interpretou a elfa Galadriel.

  1. “O Estranho Caso de Benjamin Button” (2008), realizado por David Fincher.

Benjamin Button (interpretado por Brad Pitt) é um homem que nasce idoso e rejuvenesce à medida que o tempo passa. Doze anos depois de seu nascimento, ele conhece Daisy (Cate Blanchett), uma criança que quer ser bailarina. Apesar de todas as diferenças, a sua relação com Daisy faz com que Benjamin acredite que os dois vão encontrar-se novamente num momento certo da vida.

  1. “Blue Jasmine” (2013), realizado por Woody Allen.

Casada com um multimilionário nova-iorquino, Jasmine Francis (Cate Blanchett) sempre se habituou aos maiores luxos que a vida lhe poderia proporcionar. Porém, quando o marido se apaixona por outra mulher e lhe pede o divórcio, tudo aquilo em que ela sempre acreditou deixa de fazer sentido. Agora, sem dinheiro e sem nenhum outro lugar para onde ir, muda-se para São Francisco e vai viver para o modesto apartamento de Ginger, a irmã, com quem sempre manteve uma relação distante. É assim que, deprimida e totalmente desenquadrada, Jasmine vai tentando recompor a sua vida, passo a passo. E, ao mesmo tempo que reformula a sua relação com Ginger, vai-se esforçando por encontrar um novo sentido para a sua vida e fazer daquele lugar o seu novo lar.

Com este filme, em 2014, Cate Blanchett recebeu mais uma nomeação ao Oscar de Melhor Atriz e acabou por ser a vencedora, recebendo assim o seu segundo Oscar – depois de ter sido vencedora do Oscar de Melhor Atriz Secundária em 2004 com o filme “O Aviador”.

  1. “Thor: Ragnarok” (2017), realizado por Taika Waititi.

Thor (interpretado por Chris Hemsworth) encontra-se preso do outro lado do universo, sem o seu martelo poderoso, numa corrida contra o tempo para voltar a Asgard e impedir Ragnarok – a destruição do seu mundo e o fim da civilização Asgardiana – que se encontra nas mãos de uma nova e poderosa ameaça, a implacável Hela (Cate Blanchett). Mas primeiro, Thor precisa de sobreviver a uma luta mortal de gladiadores, que o coloca contra o seu ex-aliado e companheiro VingadorHulk (Mark Ruffalo).

“O Mistério da Casa do Relógio” chega esta quinta-feira às salas de cinema portuguesas. Em baixo pode ver o trailer.

, Netflix anuncia nova série live-action inédita baseada em Avatar: A lenda de AANG

Netflix anuncia nova série live-action inédita baseada em Avatar: A lenda de AANG

, António Calvário e Natalina José em “Volt’a Portugal em Revista”

António Calvário e Natalina José em “Volt’a Portugal em Revista”