in ,

“The Walking Dead” – Análise e Easter Eggs do primeiro episódio

The Walking Dead, Easter Eggs, “The Walking Dead” – Análise e Easter Eggs do primeiro episódio

“The Walking Dead” está de volta para a oitava temporada e trouxe-nos o centésimo episódio, intitulado “Mercy”. Foi um episódio cheio de significados, mas também bastante importante para o desenrolar da famosa Guerra que se aproxima cada vez mais.

Primeiro, vamos falar de vários Easter Eggs que apareceram em “Mercy”. Muitos deles estavam relacionados com o primeiro episódio, o que torna tudo muito simbólico.

Se bem se lembram, no primeiro episódio de “The Walking Dead” – intitulado “Days Gone Bye” -, Rick acorda do coma numa cama de hospital. Neste novo episódio tivemos partes que podem ser apenas um sonho ou algo que está por vir. Curiosamente, numa dessas partes, Rick acorda e de seguida olha para as flores que estão ao seu lado – tal como que aconteceu no primeiro episódio.

A seguir, também uma cena de Carl lembra bastante o primeiro episódio da série. Enquanto procurava combustível, passou por um carro virado, viu cadáveres nos carros e também um triciclo (que ao contrário do da primeira temporada, estava bastante destruído). Até a maneira como pai e filho olham para a parte de baixo dos carros foi idêntica.

Outro momento bastante marcante também foi aqui repetido. Lembram-se de quando Carol se viu obrigada a matar Lizzie e disse-lhe para olhar para as flores? Bem, numa cena deste episódio Carol olha para um pequeno graffiti que está ao seu lado. Sabem o que está desenhado? Uma flor.

Claramente os produtores da série quiseram deixar os fãs emocionados, mas este episódio adiantou alguma coisa?

Antes de mais, é importante perceber que “Mercy” não foi linear. Mostrou vários tempos diferentes: o presente e, possivelmente, o futuro (ou seria apenas um sonho de Rick?).

Iniciou-se com um discurso de motivação por parte de Rick, no qual este diz que Negan é a única pessoa que tem de morrer. Ficamos a saber que este tem um plano e vemos de seguida o grupo a avançar até aos Salvadores, onde se abrigam atrás de carros, prontos para atacar.

Assim que Negan aparece, traz consigo Gregory, que se rendeu aos Salvadores. Temos de admitir que isto não nos surpreende, porque Gregory sempre foi um cobarde. Por outro lado, Maggie está cada vez mais perto de assumir a liderança de Hilltop e está a ser fortemente apoiada por Jesus.

No final do episódio, ficamos a temer pela vida de uma personagem que nunca nos tinha interessado antes e que agora ficou em grandes sarilhos: o Padre Gabriel, que ficou encurralado com Negan. É muito provável que nos episódios futuros, o vilão use o Padre como isco.

O próximo episódio vai chamar-se “The Dammed” e chega já na próxima segunda-feira.

, Box Office Portugal (19/10 a 22/10)

Box Office Portugal (19/10 a 22/10)

, Taça da Liga: FC Porto deixa-se surpreender em casa pelo Leixões (0-0)

Taça da Liga: FC Porto deixa-se surpreender em casa pelo Leixões (0-0)