in ,

O Regresso de “The Walking Dead” – Análise do Episódio

, O Regresso de “The Walking Dead” – Análise do Episódio

Depois do triste final da primeira parte desta temporada, “The Walking Dead” voltou na última segunda-feira para a segunda parte.

Com um episódio intitulado “Honor”, a série confirmou a morte de Carl, se é que ainda havia esperança de que Chandler Riggs poderia continuar na série.

“Honor” mostra-nos essencialmente como Carl foi mordido e acompanha os últimos minutos de vida da personagem. Para quem é fã de “The Walking Dead” desde início, este foi um episódio bastante duro de se ver, mas também uma pequena homenagem merecida a Carl. Podemos dizer que depois do choque inicial, este episódio era o mínimo que a série nos podia dar.

Ao mesmo tempo, o episódio tenta mostrar que pode haver uma maneira de coexistir com os inimigos. As cenas que tínhamos visto no primeiro episódio da temporada e que pensávamos ser o futuro ou um sonho de Rick eram na verdade pensamentos de Carl e uma ideia do que este queria para o futuro: paz.

Curiosamente, um destes vislumbres de Carl mostra Negan a conviver com Judith, a filha de Rick. Podemos levantar aqui uma questão: será que é possível uma personagem tão má mudar e tornar-se boa?

Em paralelo, o episódio também acompanha Morgan, Carol e Ezekiel. Nesta cena, Morgan quase que se sente na necessidade de matar um dos inimigos e sentimos que a personagem pode estar a tornar-se um tanto instável.

No geral, este episódio pode ser visto apenas como uma despedida de Carl (ou do Chandler Riggs). Infelizmente, e tendo em conta o seu tempo de duração, não foi capaz de adicionar conteúdo importante à história.

“The Walking Dead” regressa já na próxima segunda-feira às 22:15h na FOX.

, DxO Mark elogia o Galaxy S9 + com uma pontuação de 99

DxO Mark elogia o Galaxy S9 + com uma pontuação de 99

, ‘Dear Basketball’ pode dar um Oscar a Kobe Bryant. Veja aqui a curta-metragem

‘Dear Basketball’ pode dar um Oscar a Kobe Bryant. Veja aqui a curta-metragem