em , , ,

Super Bock Super Rock: 2016 Promete!

Se as novidades são muitas a nível do recinto, da ecologia e melhoramentos, apraz-nos começar pela intervenção de Joana Godinho, que se debruçou sobre o seu excelente trabalho na composição e contratação do cartaz de luxo do festival deste ano.

Se as novidades são muitas a nível do recinto, da ecologia e melhoramentos, apraz-nos começar pela intervenção de Joana Godinho, que se debruçou sobre o seu excelente trabalho na composição e contratação do cartaz de luxo do festival deste ano.

A 14 de Julho como cabeça de cartaz temos, entre outros, The National, banda que já conhece os portugueses e que, segundo a produtora, dizem que são felizes em Portugal, onde vão apresentar temas novos.guitarra na água sbsr.jpg

A 15 de Julho é a vez de Iggy Pop. Palavras para quê? Ele é um dos sobreviventes da época de ouro do rock. Quem não se lembra dos Stooges e da sua irreverência. Aos 69 anos, Iggy, dos Iguanas continua cheio de energia e igual a si próprio. A não perder, enquanto não forma sua banda com Bowie e Prince, sabe-se lá onde…No mesmo dia sobem ao palco Massive Attack & Young Fathers, outro encontro de excelência. Que dia!

Por fim, a 16 de Julho temos os pioneiros com a juventude vinda do underground para o mainstream. De la Soul, com disco novo, e Kendrick Lamar, até que enfim se dá a importância que o hip hop merece, hoje, faltavam 1800 bilhetes para ficar esgotado o dia. Kendrick, o conteúdo e a afirmação do Black Lives Matter, basta ver a sua performance nos Grammy’s 2016. Aliás, hoje não se pode falar de música sem falar da influência do hip hop em quase todos os géneros musicais.

Espaço Super Bock Super Rock 2016
Espaço Super Bock Super Rock 2016

O responsável pela Música no Coração, Luís Montez, anunciou obras de melhoramento na acústica do Meo Arena e a abertura Pontão das Tágides, “um sítio conhecido para namorar e outras coisas”.Quanto ao Presidente da Junta, José Moreno, mostrou-se contente com a restauração das figuras do Gil, mascote da Expo 98, por parte da produtora. A Super Bock, através do seu Administrador Nuno Bernardo, para além de falar da iniciativa de mais um ano dos Laboratórios Criativos, que já fez nascer 150 postos de trabalho e que tem como prémio este ano a participação internacional em Estocolmo, surpreendeu com a inovação do copo reutilizável. O festivaleiro paga caução por um copo diferente todos os dia a acompanhar o cartaz, que pode trocar ou guardar como recordação, evitando o lixo acumulado neste tipo de eventos. De referir a sua frase: “a música faz parte da marca!”

Tomás Wallenstein (Capitão Fausto)
Tomás Wallenstein (Capitão Fausto)

No final da Conferência de Imprensa tivemos uma actuação a solo de Tomás Wallenstein, dos Capitão Fausto, que interpretou um tema do último disco do grupo intitulado:“Tens os dias contados “ e que bem contou e cantou.

Referência ainda ao cartaz português que nos lembra a excelência da prata da casa!

Fotos: Ana Dinis

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Isabel de Santiago explica convite para viagem a São Tomé e Príncipe

Belenenses: Carlos Paulo renova

Reininho o contador de estórias