in , ,

“Story of Seasons: Friends of Mineral Town” (Nintendo Switch) | Análise Gaming

Análise feita por António Moura

story of seasons, “Story of Seasons: Friends of Mineral Town” (Nintendo Switch) | Análise Gaming

Passado 5 meses do lançamento de Animal Crossing New Horizons, eis que a Nintendo Switch recebe um novo simulador através de Story of Seasons: Friends of Mineral Town. Mas será este o jogo pós- Animal Crossing que necessitamos?

Antes de mais, uma pequena curiosidade: a probabilidade do nome Story of Seasons ser vos estranha é mais que normal. No entanto, este Story of Seasons: Friends of Mineral Town é, na realidade, um remake do jogo para Gameboy Advanced Harvest Moon: Friends of Mineral Town, que, entretanto, teve que mudar de nome em 2012 e, agora temos tanto uma série denominada de “Story of Seasons”, como outra chamada “Harvest Moon” que em nada são iguais, além de ambos serem farm simulators e terem partilhado o mesmo nome em tempos.


story of seasons, “Story of Seasons: Friends of Mineral Town” (Nintendo Switch) | Análise Gaming

Focando agora a nível do jogo, é fácil encontrar uma forma de o definir. Somos os donos de uma quinta, temos que cuidar dela, dos animais que vivem nela e também travar alguns momentos sociais com a população da aldeia onde a quinta se encontra. Também convém referir que, esta aldeia foi vos deixava pelo vosso avô como herança e, a última vez que estiveram na mesma antes dos eventos do jogo, foi em muito, mas muito pequeninos. No fundo, o jogo original foi em tudo o que Stardew Valley se inspirou.

Sem querer fazer muitas comparações, já que estamos a falar de um remake de um jogo do GBA, a verdade é que a jogabilidade pode ser considerada simples demais. Grande parte do jogo, o que andamos a fazer é a plantar vegetais ou frutas, a cuidar de vacas e cavalos ou, vamos à aldeia em busca de algo que necessitamos e acabamos por nos cruzar com alguém com quem acabamos por fazer conversa de circunstância ou apenas cumprimentamos e seguimos a nossa vida. Isto, durante vários anos, alterando apenas a estação do ano em que vivemos. No entanto, existe uma mina perto da quinta e, é aí que vamos acabar por quebrar um pouco a rotina que descrevi acima. São vários andares que podemos explorar e, acabamos por encontrar objetos para fazer melhorias às nossas ferramentas. Mas não foge muito a isso, além de que temos vários mini-jogos que vão mudando ao longo das estações do ano, mas que, pode acabar por nos aborrecer ao final de algum tempo. Como já devem ter entendido, a estrela de jogabilidade do jogo é mesmo o quanto nos focamos na quinta e, se tiverem já jogado jogos similares, vão ficar automaticamente viciados nesta parte do jogo.

story of seasons, “Story of Seasons: Friends of Mineral Town” (Nintendo Switch) | Análise Gaming

Gostaria também de referir a componente social do jogo. É muito básica e, como na vida real, as relações que vamos construindo vão desenvolvendo-se ao pouco. Enquanto alguns deles estão na aldeia “só porque sim”, existe uma seleção de homens e mulheres com que depois podemos criar uma relação e, até mesmo, talvez casar. Uma atualização bastante neste remake, comparativamente ao jogo original, é o facto de podermos iniciar uma relação com alguém do mesmo sexo e não aparecer a opção “best friends”, como no original.

Por fim, em termos gráficos é um jogo “fofo”. Não há outra forma de o descrever. Andamos a ver que nos vem visitar, as nossas plantinhas e vegetais e temos depois os animais que são o pináculo do ser fofo. Não há muito por onde fugir. É óbvio que não são os melhores gráficos do mundo, mas, o facto de terem investido imenso neste ponto é o que torna o jogo mais charmoso do que inicialmente previa.

story of seasons, “Story of Seasons: Friends of Mineral Town” (Nintendo Switch) | Análise Gaming

Resta concluir que, Story of Seasons: Friends of Mineral Town pode não ser o jogo pós-Animal Crossing que procuramos, mas, é no entanto, um belo complemento, especialmente se gostarem das atividades de jardinagem (que são muito limitadas em AC) e de exploração, mesmo faltando algumas atividades a mais que gostaria de ver no jogo. Além disso, também existem personagens bastante carismáticas e capaz de fazer nos apegar a elas.

 

 

, Neon Abyss – Trailer de lançamento

Neon Abyss – Trailer de lançamento

, Planet Coaster: Console Edition | Gameplay Trailer

Planet Coaster: Console Edition | Gameplay Trailer