in

Sessão de esclarecimento aos sócios, por parte do candidato da lista B, Eng. António Soares

, Sessão de esclarecimento aos sócios, por parte do candidato da lista B, Eng. António Soares

Estiveram presentes cerca de 50 sócios na sessão de esclarecimentos da lista B realizada na sala VIP do estádio do Restelo. A Comunidade Azul esteve presente e acompanhou as perguntas realizadas pelos associados.

O candidato da lista B, Eng. António Soares iniciou a sessão a explicar o seu projeto, a Cidade Belenenses, e a indicar o que pretende fazer nos próximos anos, caso seja nomeado novamente presidente do clube.

Um resumo das questões apresentadas:

– Quando avança o projeto?

O projeto avança quando todas as aprovações estiveram feitas, tanto com os sócios do clube, em assembleia-geral, visto que este não é um projeto fechado.

– Quanto é que o clube vai receber por ano pela implantação do projeto nos terrenos do Restelo?

O clube vai receber do grupo investidor uma renda como contrapartida da utilização dos espaços, que vão sempre pertencer ao clube. Esse valor vai rondar os 800.000,00€ e o 1.000.000,00€.

– Como está a aprovação do projeto na câmara municipal de Lisboa?

É um projeto que foi sempre acompanhado pelos arquitetos da câmara municipal visto que é de interesse para ambas as partes. Existe uma rua adjacente ao estádio do Restelo que vai fechar ao trânsito automóvel. O projeto na câmara municipal já passou a fase da especialidade e já se encontra numa fase final de aprovação.

– Vai existir um espaço comercial, e quais são as marcas que vão ocupar esse mesmo espaço?

Existe já há algum tempo um acordo com o clube e o grupo Jerónimo Martins para a colocação de uma loja “Pingo Doce” num espaço vazio que existe no estádio, com o pagamento de uma renda para o clube. O próprio grupo investidor é detentor de uma marca de ginásios low-cost, que vai beneficiar os atletas do clube e as chamadas lojas de bairro vão poder implementar-se nos espaços comercias que vão existir para arrendamento.

– Qual é o valor que o clube dispensa mensalmente para pagar aos credores e quais são esses credores?

Há algum tempo o clube apenas pagava a três credores, o Banif, a segurança social e as finanças e não pagava aos restantes 190 credores. A estas entidades pagava 50.000,00€ mensalmente. Mas era necessário pagar aos restantes credores por isso, o clube recorreu ao PER. Se não era possível negocial com o Estado, o clube negociou com o Banif, e em vez de pagar 45.000,00€ mensalmente, o clube paga 12,500,00€, e ainda negociou a Euribor e fez com a entidade bancária um patrocínio com prazo alargado e mantém a taxa de juro, a Euribor e o valor mensal. Com esta negociação o clube tem agora a capacidade de pagar aos restantes credores e cumprir os prazos de pagamento.

– Qual a relação do clube com a SAD? Existem valores em dívida entre a SAD e o clube e vice-versa?

O clube mantém relações cordiais com a SAD. Foi efetuado um acordo entre o clube e a SAD para uma percentagem do valor das cotas dos sócios poder ir para o futebol profissional bem como valores que o clube tinha a receber da Federação Portuguesa de Futebol e da Liga de Clubes mas estes nunca foram pagos ao clube. Continua uma dívida de Água e de Gás para a SAD pagar ao clube.

– O porquê da equipa de Andebol ser “Delta/Belenenses”?

É muito importantes as modalidades do clube não darem prejuízo e por vezes é necessário uma marca, como a Delta patrocinar e pagar grande parte das despesas inerentes ao Andebol do clube.

– O que foi feito relativamente aos acordos que vinham das anteriores administrações?

Os acordos são para cumprir. Agora existem os bons e os maus acordos mas cada um tem a sua opinião.

Esta sessão de esclarecimento teve duração de cerca de duas horas, tendo o candidato da lista B respondido a todas as questões colocadas pelos associados.

, Vando Moreno: Acordo de rescisão

Vando Moreno: Acordo de rescisão

, Futsal – Belenenses x Fundão‏

Futsal – Belenenses x Fundão‏