Canal Alternativo de Notícias, as últimas notícias do mundo do desporto, da tecnologia e do entretenimento. Os últimos resultados, lançamentos, estreias.

Sabem quais foram os Festivais de Verão com maior afluência?

O NOS Alive e o MEO Sudoeste foram os vencedores

Com Setembro a chegar e a época dos Festivais de Verão mesmo a terminar, chegou a hora de ver quais foram os festivais que atraíram mais pessoas este ano.

Os grandes vencedores deste ano foram o NOS Alive e o MEO Sudoeste. Segundo os dados avançados pela organização, o NOS Alive, evento organizado pela Everything Is New, no Passeio Marítimo de Algés, esgotou com meses de antecedência e registou uma afluência de 165 mil pessoas durante os três dias do festival (6, 7 e 8 de Julho). Por outro lado, o festival da Zambujeira do Mar, organizado pela Música no Coração, MEO Sudoeste, teve 200 mil pessoas nos cinco dias do festival (1 a 5 de Agosto)

Girando a norte, o festival organizado pela Ritmos, o Vodafone Paredes de Coura aumentou a lotação do espaço e teve 105 mil pessoas durante os quatro dias de festival (16 a 19 de Agosto), registando o melhor dia no seu encerramento.

Um pouquinho mais abaixo temos o NOS Primavera Sound, gerido pela Pic-Nic, que aumentou a sua lotação no Parque da Cidade do Porto para 30 mil pessoas por dia, e que comunicou uma afluência de cerca de 90 mil espectadores, durante os três dias de festival (8, 9 e 10 de Junho). O seu vizinho, MEO Marés Vivas, organizado pela PEV Entertainment e que se realizou pelo último ano na Praia do Cabedelo, em Gaia, equiparou-se ao NOS Primavera Sound e esgotou a lotação dos três dias (14, 15 e 16 de Julho) e procura agora um novo local para a edição do próximo ano.

Na Figueira da Foz, o RFM Somnii, organizado pela Genius y Meios, teve 100 mil pessoas durante os três dias da duração do evento de música electrónica (7, 8 e 9 de Julho). O Festival de Músicas do Mundo contou com números entre os 90 e os 100 mil, mas alguns dos concertos foram de entrada livre, foi organizado pelo município de Sines e durou nove dias.

O Festival do Crato, realizado em Portalegre, comunicou números na ordem das 100 mil pessoas, durante os seis dias de festival (21 a 26 de Agosto), em que quatro deles foram com entrada paga. A quarta edição no Parque Urbano da Costa de Caparica, do festival O Sol da Caparica, organizado pela Câmara Municipal de Almada e produzido pela AMG Music, contou com 65 mil festivaleiros durante os quatro dias (10 a 13 de Agosto).

Já o Super Bock Super Rock, organizado pela Música no Coração, contou com 56 mil pessoas e esgotou no primeiro dia. A lotação máxima diária do festival que se realiza no Parque das Nações é de 20 mil pessoas. Por outro lado, o EDP Cool Jazz, que se realiza nos Jardins do Marquês de Pombal e no Parque dos Poetas em Oeiras, contou com 35 mil pessoas ao longo de sete noites.

O Bons Sons, realizado na aldeia de Cem Soldos, em Tomar, avança com o total de 32 mil e 500 pessoas, o festival é organizado pelo Sport Club Operário de Cem Soldos e decorreu durante quatro dias (11 a 14 de Agosto). Voltando a norte até Viana do Castelo, o festival de música electrónica, Neopop, teve entre 26 mil e 28 mil pessoas durante os três dias de festival (3 a 5 de Agosto), no Forte de Santiago da Barra.

Temos agora o EDP Vilar de Mouros, organizado pela Surprise & Expectation em parceria com a Junta de Freguesia de Vilar de Mouros e a Câmara Municipal de Caminha, com um total de 26 mil pessoas ao longo dos três dias de festival (24, 25 e 26 de Agosto). Em Loulé, no festival MED, organizado pela Câmara Municipal de Loulé, apontou para 23 mil pessoas ao longo dos três dias (30 de Junho a 2 de Julho).

Até ao final do Verão ainda temos vários festivais a decorrer ao longo de todo o País, começando com o Festival F, em Faro nos dias 31 a 2 de Agosto, que terá um extenso cardápio de música portuguesa; passando para o Lisb-On, um festival de música electrónica que se realiza no Parque Eduardo VII, nos dias 1, 2 e 3 de Setembro; indo para Santarém até ao festival Reverence, com rock psicadélico nos dias 8 e 9 de Setembro; terminando no Jardins do Palácio de Cristal, no Porto com o Noites Ritual, com um cartaz nacional.

Este site utiliza cookies para melhorar a sua experiência. Ao continuar está a concordar com a utilização dos mesmos. Pode saber mais consultando a nossa Politica de Privacidade. AceitarSaber mais

X