em , ,

‘Dear Basketball’ pode dar um Oscar a Kobe Bryant. Veja aqui a curta-metragem

'Dear Basketball' é uma animação de Glen Keane inspirada na carta de despedida do basquetebol por parte de um dos melhores jogadores de sempre do desporto, Kobe Bryant.

Na contagem decrescente para a cerimónia de entrega dos Oscars (realiza-se na madrugada de Domingo para Segunda), são muitos os amantes do cinema que se tentam pôr a par de todos os filmes nomeados para os Oscars.

https://canoticias.pt/entretenimento/filmes/oscars-2018-conheca-os-nomeados/

Pois bem, tentamos dar uma ajuda hoje ao dar conhecimento de uma das curta-metragens nomeadas na categoria de animação e que está disponível para a visualização. ‘Dear Basketball’ é uma animação de Glen Keane (que já trabalhou em clássicos de animação da Disney como ‘A Pequena Sereia’, ‘A Bela e o Monstro’ ou ‘Aladdin’) inspirada na carta de despedida do basquetebol por parte de um dos melhores jogadores de sempre do desporto, Kobe Bryant.

O jogador dos Lakers escreveu a carta em 2015 no The Players Tribune para expressar o seu amor pelo basquetebol e a importância que o desporto teve na sua vida desde tenra idade. Kobe Bryant que foi 5 vezes campeão da NBA e 18 vezes All-Star nos seus 20 anos de carreira, sempre jogando pelos Los Angeles Lakers, poderá juntar assim à sua vitrine de troféus um Oscar da Academia de Hollywood.

A animação tem sido apontada como a favorita a levar o Oscar na categoria de Melhor Curta-Metragem de Animação, e isso deve-se não só ao facto de ser sobre Kobe Bryant, mas também porque foi realizada por um veterano da animação como é o caso de Glen Keane, e porque a música que ouvimos na curta-metragem é de John Williams, sim o mesmo John Williams responsável pelas bandas-sonoras de Star Wars ou Indiana Jones.

O melhor mesmo é ver a curta-metragem por si e ler a carta redigida por Kobe Bryant até à entrega dos prémios:

DEAR-BASKETBALL_FULL_H264 from Believe Entertainment Group on Vimeo.

Dear Basketball,

From the moment
I started rolling my dad’s tube socks
And shooting imaginary
Game-winning shots
In the Great Western Forum
I knew one thing was real:

I fell in love with you.

A love so deep I gave you my all —
From my mind & body
To my spirit & soul.

As a six-year-old boy
Deeply in love with you
I never saw the end of the tunnel.
I only saw myself
Running out of one.

And so I ran.
I ran up and down every court
After every loose ball for you.
You asked for my hustle
I gave you my heart
Because it came with so much more.

I played through the sweat and hurt
Not because challenge called me
But because YOU called me.
I did everything for YOU
Because that’s what you do
When someone makes you feel as
Alive as you’ve made me feel.

You gave a six-year-old boy his Laker dream
And I’ll always love you for it.
But I can’t love you obsessively for much longer.
This season is all I have left to give.
My heart can take the pounding
My mind can handle the grind
But my body knows it’s time to say goodbye.

And that’s OK.
I’m ready to let you go.
I want you to know now
So we both can savor every moment we have left together.
The good and the bad.
We have given each other
All that we have.

And we both know, no matter what I do next
I’ll always be that kid
With the rolled up socks
Garbage can in the corner
:05 seconds on the clock
Ball in my hands.
5 … 4 … 3 … 2 … 1

Love you always,
Kobe

https://canoticias.pt/entretenimento/nos-transmite-os-oscars-2018-oferece-viagem-cerimonia-2019/

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

O Regresso de “The Walking Dead” – Análise do Episódio

“Os Empatas” – Trailer e sinopse