Periferias regressa pela 8.ª vez aos palcos do concelho de Sintra

Festival de artes performativas leva artistas de vários países lusófonos a Sintra.

A data de início do Periferias, Festival de Artes Performativas dedicado à lusofonia e aos novos talentos nacionais e internacionais, está este ano marcada para dia 1 de março, prolongando-se até dia 17 do mesmo mês. Esta é a 8ª vez que o evento leva cultura em diversos formatos, proveniente de Portugal e outros países Lusófonos, ao concelho de Sintra.

Concebido e organizado pela Associação Cultural Chão de Oliva, o Periferias compila, no seu programa de dezassete dias, momentos de teatro, música, dança, marionetas, exposições, oficinas, contos, uma feira do livro, entre outros, direcionados a públicos de todas as idades.

Na edição deste ano, o festival arranca com a atuação dos The BLKBRDS & JUKEBOX CREW, projeto que junta os The BLKBRDS, banda com sonoridades electro-pop-funk-disco, a JUKEBOX CREW, uma das mais reconhecidas crews de street-dance nacionais. O grupo, que conta com a participação do ator e dançarino Cifrão, vem agora dos palcos de festivais como Rock in Rio e Meo Sudoeste para Sintra.

Periferias
“KING KONG”

Também o resultado da terceira residência artística da nova criação da Companhia de Teatro de Sintra será integrado na programação do Festival. O projeto “Próximo” é de cariz documental e retrata diferentes realidades sociais do Concelho de Sintra. Outros artistas de Setúbal, Caldas da Rainha, Lisboa, Montemor-o-Novo, Porto, Águeda, Santa Maria da Feira, e, de além-fronteiras, Cabo Verde, Guiné, Moçambique, Brasil e Angola irão igualmente encontrar-se no Periferias.

Os espetáculos

Os espetáculos dividem-se por diversos locais de Sintra, como é o caso do MU.SA, Escolas do Concelho de Sintra, Espaço Periferias, Quinta da Ribafria, Centro Cultural Olga Cadaval e Casa de Teatro de Sintra. Pela primeira vez, o Periferias irá ainda decorrer em palcos de freguesias circundantes, entre os quais o Auditório da Junta de Freguesia de Casal de Cambra, Auditório da Igreja de Rio de Mouro, Casa da Juventude da Tapada das Mercês. Haverá ainda animações pelas ruas e comboios da zona.

O Periferias foi criado em 2011 pela associação de difusão cultural Chão de Oliva e conta com o apoio da Câmara Municipal de Sintra. Devido ao contexto económico de crise financeira, a primeira edição do festival surgiu como uma forma do Chão de Oliva inovar a sua oferta, através da valorização da criatividade e da aposta na cultura junto de diversos tipos de público.

O preço dos bilhetes dos diversos eventos do Periferias, que decorre entre 1 a 17 de março, é de 7,50€, existindo vários descontos disponíveis para grupos, jovens, entre outros. Alguns dos momentos do programa contam com entrada livre.