em

Lisboa na Rua, o festival de artes e cultura fora de portas

Organizado pela EGEAC (Empresa de Gestão de Equipamentos e Animação Cultural, E.M), e apoiado pelo Turismo de Portugal, o festival estende-se a várias zonas da cidade, mantendo a programação gratuita e de acesso livre.

Organizado pela EGEAC (Empresa de Gestão de Equipamentos e Animação Cultural, E.M), e apoiado pelo Turismo de Portugal, o festival estende-se a várias zonas da cidade, mantendo a programação gratuita e de acesso livre.

“Lisboa na Rua é um festival que permite a qualquer pessoa assistir de forma totalmente livre e gratuita a espetáculos que normalmente não se passam na rua e não são gratuitos, como a apresentação integral das sinfonias de Beethoven, em quatro concertos ao ar livre. Nesta edição alargámos o festival a zonas como São Domingos de Benfica, Carnide e Lumiar, porque é importante mostrar que a cidade é mais do que o seu centro histórico”, frisa a Presidente do Conselho de Administração da EGEAC, Joana Gomes Cardoso.

Ao longo dos cinco fins de semana, o festival irá acolher bandas de jazz de várias proveniências, fará soar o fado pelas vozes consagradas de Gisela João, de Camané e de Carlos do Carmo e trará para a rua grandes orquestras como a Gulbenkian e a Metropolitana, esta última apresentará em quatro dias seguidos a integral das sinfonias de Beethoven, algo que só aconteceu em 1973 e nunca na rua.

Ainda nas sonoridades, o Jardim da Tapada das Necessidades será transformado para acolher o inédito Lisboa Soa, um festival dedicado à arte sonora, com performances, concertos e debates sobre o ambiente acústico que nos rodeia.

Já o grande ecrã irá instalar-se, pela primeira vez, no jardim do Palácio Pimenta do Museu de Lisboa, no Campo Grande. A estreia do ciclo CineCidade irá exibir filmes clássicos e icónicos, como o E.T. ou Os Verdes Anos, em noites mágicas de cinema ao ar livre.

E porque muito se descobre a calcorrear as ruas e esquinas, o Lisboa na Rua lança também passeios literários pela mão de alguns dos escritores e ilustradores que deram corpo e forma ao Guia Ler e Ver Lisboa, com que a EGEAC assinalou os seus 20 anos.

O programa Lisboa na Rua pode ser consultado em: www.lisboanarua.com

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Começaram a sair os primeiros ‘ban´s’ em Pokémon Go – conheça o mail da Niantic

AQUATLO DE SETÚBAL - PÓDIOS PARA JOÃO MARTINS

Brandão e o Boavista: “Queremos dar uma alegria aos nossos adeptos”