Kurt Vile & the Violators em Portugal para apresentar novo álbum

Depois de terem lançado, em 2017, “Lotta Sea Lice” em colaboração com Courtney Barnett, Kurt Vile está de regresso com o novo disco “Bottle It In”, que traz ao Lisboa ao Vivo, esta quinta-feira, e ao Hard Club no dia seguinte.

- Publicidade -

O cantor, compositor e multi-instrumentista norte-americano acompanhou o início dos The War On Drugs mas acabou por focar-se exclusivamente no seu trabalho a solo. Em 2009, chamou a atenção com o seu álbum de estreia,”Childish Prodigy”. Desde então, somou sucessos com “Wakin on a Pretty Daze” (2013) e “believe i’m going down” (2015), considerado um dos melhores discos do ano pela britânica NME.

Inspirado por um banjo oferecido pelo pai, com o propósito de estimular a criatividade, aos 17 anos, o americano começou a trabalhar nos primeiros temas. As prolíferas gravações continuaram com os lançamentos de cassetes e CDs. Depois de dividir o tempo entre o trabalho a solo e os War on Drugs, Kurt Vile acabou por se concentrar na sua carreira definida por um constante crescimento de sonoridades reflectida na aclamação da crítica especializada.

A produção lo-fi e os ritmos irregulares da bateria electrónica anteriormente presentes nos temas de Kurt Vile, foram substituídos pela composição e gravação de instrumentos ao vivo em “Childish Prodigy”, álbum de estreia em 2009. Elogiado pelo universo musical e considerado um dos melhores discos de 2015 pela Pitchfork e NME, “b’lieve i’m goin down”, é o mais recente projecto a solo de Kurt Vile. Passado apenas dois anos e ao lado da australiana Courtney Barnett, compôs “Lotta Sea Lice”. O novíssimo “Bottle It In”. lançado em Outubro de 2018, é motivo de tour, com passagem por Portugal no mês de lançamento.

- Publicidade -