em

Julio Velázquez: “Temos de continuar a evoluir com esta vontade”

Alcançada que está a primeira vitória na Liga, à passagem da 3ª jornada, o treinador do Belenenses, Julio Velázquez, falou à imprensa e desfez-se em elogios aos seus jogadores e à nova estratégia implementada.

“Foi um jogo muito equilibrado, muito competitivo, muito intenso. Acho que a minha equipa fez um trabalho excecional a todo o momento. Na primeira parte, o jogo foi mais equilibrado, na segunda fomos superiores, muitas situações de transição ofensiva. O golo é numa transição ofensiva muito bem executada. Estou muito orgulhoso dos meus jogadores. É muito importante esta vitória, num campo muito difícil. Tivemos muitas adversidades na pré-época e início da época e por isso acho que é ainda mais positiva. Parabéns para a minha equipa. Muito obrigado aos adeptos. Esta é a linha a seguir. Temos de evoluir com esta vontade. Acho que a equipa vai ter muito, muito sucesso”, constatou.

A campanha, até agora, tem sido positiva, segundo o timoneiro. “É muito importante somar. Jogámos três jogos, dois fora de casa, um em casa. Não é fácil. Acho que quatro pontos em três jogos, jogando dois fora de casa é para estar muito feliz”, referiu.

Por fim, houve ainda tempo de falar das substituições efectuadas e da lesão de Brandão. “Ainda não falei com o médico, mas espero que não seja nada muito grave e que Gonçalo possa estar apto para o próximo jogo. Neste jogo as substituições foram felizes. O jogo estava a pedir um jogador novo para as transições rápidas e Gerso era o homem ideal. Fico feliz por ele, pelo Vítor  mas por toda a equipa também”, afiançou.

“Paragem no campeonato? Não dá para mudar. O calendário assim o dita. Temos uma semana para trabalhar, construir princípios porque houve muitas mudanças no plantel.”

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

AQUATLO DE SETÚBAL - PÓDIOS PARA JOÃO MARTINS

Resultado Final: Tondela 0-1 Belenenses

Último treino da época

Resumo: Tondela 0-1 Belenenses