em

Gil Vicente vai processar, Belenenses e Liga

Através de um comunicado publicado na sua página oficial o Gil Vicente anunciou que irá processar a Liga de Clubes e o Belenenses, por alegadamente estes terem impedido o cumprimento da decisão do Tribunal Administrativo do Círculo de Lisboa, impedindo assim a integração dos gilistas na Liga NOS.

“A Gil Vicente Futebol Clube – Futebol SDUQ, Lda., vem por este meio comunicar aos associados, adeptos, simpatizantes e opinião pública em geral o seguinte:

  1. O Tribunal Administrativo do Círculo de Lisboa no Processo n.º 2141/06, relativo ao denominado “Caso Mateus” declarou nulo o acórdão do Conselho de Justiça da Federação Portuguesa de Futebol de 22 de Agosto de 2006, o qual aplicou a pena de descida de divisão ao Gil Vicente Futebol Clube.
  2. A Federação Portuguesa de Futebol decidiu não recorrer da sentença, como havia afirmado publicamente e recomendou à Liga Portuguesa de Futebol Profissional que reintegrasse o Gil Vicente Futebol Clube na Iª Liga na época 2016/2017.
  3. A Direção da Liga Portuguesa de Futebol Profissional, decidiu primeiramente que iria acatar a decisão do Tribunal e a recomendação da Federação Portuguesa de Futebol, mas recuou nessa intenção posteriormente, por razões que se recusa a explicar cabal e publicamente e sem que tenha dado qualquer direito de pronúncia prévio ao seu associado Gil Vicente Futebol Clube sobre essa intenção de alterar a sua prévia decisão.
  4. O Gil Vicente Futebol Clube regista e dá pública nota que para além da súbita e injustificada alteração de posição da Liga Portuguesa de Futebol Profissional, o Clube de Futebol “Os Belenenses”, veio interpor um recurso contra a sentença proferida pelo Tribunal Administrativo de Círculo de Lisboa, a qual não o afeta minimamente e depois dessa parte estar silenciosa no processo durante anos a fio.
  5. O Gil Vicente Futebol Clube não pode deixar de estranhar e lamentar o comportamento de ambas as partes em causa – Liga Portuguesa de Futebol Profissional e Clube de Futebol “Os Belenenses” – e irá promover os meios judiciais para responsabilidade dos mesmos e dos seus dirigentes por pretenderem, com as suas ações, dilatar de modo ilegal e ilegítimo, a execução de uma sentença cuja razoabilidade não é discutível, nem é já discutida pela principal parte no processo “Mateus”: a Federação Portuguesa de Futebol.
  6. Tem o Gil Vicente Futebol Clube a dizer, ainda, que o recurso interposto pelo Clube de Futebol “os Belenenses” se afigura completamente desprovido de sentido, pois que nesse recurso, essa parte tenta contrariar o que já de senso comum: o direito fundamental de se recorrer aos tribunais em questões não “estritamente desportivas” e que na base do “Caso Mateus” não está uma questão “estritamente desportiva”.
  7. Mais uma vez se verifica, no “Caso Mateus” que tem 10 anos de duração, que as entidades responsáveis pelo futebol profissional tudo fazem de ilegal e ilegítimo, para evitar que as decisões dos tribunais sejam executadas e que a justiça e a legalidade seja reposta.
  8. O Gil Vicente Futebol Clube, após ponderação aturada, decidiu a este momento não utilizar meios judiciais que possam determinar a paralisação das competições de futebol, mas recorrerá aos meios competentes para perseguir as entidades e pessoas responsáveis pelos mais recentes actos ilegais e obter a sua reposição na Iª Liga e indemnizações devidas por todos os prejuízos sofridos desde o início do “Caso Mateus”.

Barcelos, 19 de julho de 2016

O Presidente da Direcção do Gil Vicente Futebol Clube – Futebol, SDUQ, Ldª”

Comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Loading…

0

Comentários

0 comentários

Poke Radar para Pokemon GO está em destaque

Antevisão Cinema - 'Batalha do Pacífico: A Revolta' (Pacific Rim Uprising)

Netflix já divulgou as primeiras imagens da 2.ª temporada de Narcos