EDP CoolJazz

Festival EDP CoolJazz em Cascais adiado para 2021

A 17.ª edição do festival CoolJazz Fest, prevista para julho em Cascais, já só irá realizar-se em 2021, anunciou hoje a promotora Live Experiences.

“No seguimento da aprovação na especialidade da proposta de lei do Governo Português, que determina a não realização dos grandes eventos programados até ao dia 30 de Setembro por virtude da COVID-19, a 17.ª edição do EDP CoolJazz fica adiada para 2021”, refere a organização num comunicado hoje divulgado.

Os bilhetes já vendidos para este ano “serão válidos para a edição em 2021, não sendo necessário fazer a troca, no entanto a organização dará em breve mais novidades”.

Além disso, o cartaz e os dias do festival em 2021 “serão anunciados em breve”.

Para a edição deste ano do CoolJazz, que iria decorrer no Hipódromo Manuel Possolo, em Cascais, estavam já confirmados: John Legend, que deveria atuar em 03 de julho, Yann Tiersen, em 21 de julho, Neneh Cherry e Kokoroko, em 22 de julho, Lionel Richie, em 25 de julho, Herbie Hancock, em 29 de julho, e Jorge Ben Jor, em 30 de julho.

O parlamento aprovou na semana passada, na generalidade, a proibição, até 30 de setembro, da realização de “festivais e espetáculos de natureza análoga”.

A discussão do projeto de lei da autoria do Governo seguiu na especialidade, na comissão parlamentar de Cultura, onde foi discutido e aprovado na quarta-feira. A votação final global em plenário está marcada para hoje à tarde.

A proposta define que os “festivais e espetáculos de natureza análoga”, marcados até 30 de setembro, só serão permitidos com lugares marcados e regras de distanciamento.

O projeto de lei do Governo é aplicável ao reagendamento ou cancelamento de espetáculos não realizados entre os dias 28 de fevereiro de 2020 e 30 de setembro de 2020, e quem comprou bilhete para eventos dentro daquele período, só poderá pedir o reembolso a partir de 01 de janeiro de 2022.

Até lá, estabelece a proposta de lei, pode pedir a troca do bilhete por um vale “de igual valor ao preço pago”, válido até 31 de dezembro de 2021, e esse vale pode ser utilizado na “aquisição de bilhetes de ingresso para o mesmo espetáculo a realizar em nova data ou para outros eventos realizados pelo mesmo promotor”.

“Caso o vale não seja utilizado até ao dia 31 de dezembro de 2021, o portador tem direito ao reembolso do valor do mesmo, a solicitar no prazo de 14 dias úteis”, lê-se no documento.
TEXTO: Lusa

Artigos recentes

LOONY JOHNSON

LOONY JOHNSON Música & Festivais | Concerto Coliseu de Lisboa Sala Principal -Info Classificação Etária…

30 de Novembro, 2022

Samsung reconhecida com 46 Prémios de Inovação CES 2023 pela Consumer Technology Association

Samsung foi reconhecida pelo seu compromisso em oferecer aos utilizadores uma experiência personalizável e mais…

30 de Novembro, 2022

Rita Vian | Museu do Papel Terras Santa Maria

Rita Vian | Museu do Papel Terras Santa Maria Música & Festivais | Concerto Museu…

30 de Novembro, 2022

NICKELBACK lançam décimo álbum GET ROLLIN”

Os Nickelback lançaram recentemente o aguardado álbum Get Rollin', via BMG. Uma paisagem sonora emocionante de aventura, nostalgia e…

30 de Novembro, 2022

Folheto Pingo Doce Promoções Fim de Semana – 1 a 5 dezembro

Antevisão Folheto PINGO DOCE Promoções Fim de Semana - 1 a 5 dezembro ...

30 de Novembro, 2022

ANÓNIMO NÃO É NOME DE MULHER | ESTREIA

ANÓNIMO NÃO É NOME DE MULHER | ESTREIA Teatro & Arte | Teatro Casa das…

30 de Novembro, 2022