in

Edgar Ié: “Queria muito jogar no Belenenses”

CA Notícias | Entretenimento, desporto, tecnologia e lifestyle

Oficializado ontem como reforço, Edgar Ié, em declarações à equipa de comunicação da SAD referiu que “queria muito jogar no Belenenses” e que o interesse demonstrado pelos azuis, “foi fundamental na decisão”, considerando ainda que tem muito para evoluir e o Restelo é o melhor sitio para aprender.

Consulte na íntegra a entrevista a Edgar Ié:

[su_quote]Edgar Ié, de 22 anos, é o primeiro reforço confirmado pelo Belenenses na reabertura do mercado para as próximas três épocas e meia. Depois de quatro anos em Espanha, onde representou Barcelona e Villarreal B, o polivalente defesa confessa o desejo de mudar-se para o Restelo e por começar a mostrar o seu valor. Internacional pelas camadas jovens de Portugal, recentemente foi titular pela Seleção Nacional nos Jogos Olímpicos, mas agora pretende ganhar o seu espaço no futebol português e afirmar-se com a camisola da Cruz de Cristo, assumindo-se como um jogador rápido, forte na antecipação e com um gosto especial em finalizar as bolas paradas…

És o primeiro reforço confirmado na reabertura do mercado. Quais foram as razões que te levaram a assinar pelo Belenenses?
– É um grande clube e um histórico do futebol português. Tenho muito para evoluir e aqui sinto que é o melhor sítio para aprender. Além disso, estou em casa, por isso não podia estar mais feliz.

Era esse o teu desejo pessoal?
– Sim, queria muito jogar no Belenenses. Não foi a primeira vez que me contactaram e o interesse que demonstraram na minha contratação foi fundamental na minha decisão.

Quais são as tuas ambições para o resto da temporada?
– Sobretudo quero crescer, aprender e mostrar o meu valor. É um desafio que encaro com bastante otimismo e estou ansioso por começar a trabalhar. De resto, quero ajudar a equipa a alcançar todos os objetivos.

Como te descreves? Quais são os teus pontos fortes?
– Sou rápido, bom na antecipação e tenho um gosto especial em finalizar as bolas paradas. Sou central de raiz, mas também posso jogar do lado direito da defesa. Acredito que a minha polivalência também é uma qualidade.

Como avalias o plantel do Belenenses?
– Tenho acompanhado os jogos e tenho gostado muito do futebol que a equipa pratica. O plantel tem muita qualidade, com jogadores novos e com alguns mais velhos para dar experiência.

Tens forte concorrência no teu setor…
– É verdade! Mas isso é bom em qualquer equipa. Vai obrigar-me a trabalhar ainda mais e com os níveis de intensidade e concentração sempre no máximo.

Formado no Sporting, foste muito jovem para Espanha, onde representaste o Barcelona B (1 jogo pela equipa principal) e o Villarreal B. Foram anos importantes para o teu crescimento?
– Foram quatro anos muito bons. Nunca vou esquecer a minha estreia pela equipa principal do Barcelona, foi um dos melhores momentos da minha (curta) carreira. A passagem pelo Villarreal também foi muito importante para a minha evolução.

O que aprendeste? Tornou-te melhor jogador?
– Aprendi muito, sobretudo a ouvir e a seguir os conselhos dos mais velhos. Acredito que hoje sou melhor jogador do que quando saí de Portugal, mas agora quero dar sequência ao meu crescimento no Belenenses.

És internacional pelas camadas jovens da Seleção Nacional e recentemente foste titular nos 4 jogos de Portugal nos Jogos Olímpicos. Como foi essa experiência?
– Foi muito bom. Para mim foi a concretização de um sonho, só foi pena não termos conseguido ir mais longe na competição.

O próximo passo é a Seleção A?
– O próximo passo é o Belenenses, onde serei mais um para ajudar. Quero ser importante na equipa e aproveitar as oportunidades. De resto, as coisas acontecem naturalmente, por isso não tenho pressa de ser convocado para a Seleção A.[/su_quote]

O defesa-central, Edgar Ié, chega ao Restelo por três temporadas e mais após ter representado em Espanha, Barcelona e Villareal.

Transforme a sua pele num touch screen

Secção de Natação do Belenenses sensibilizada com homenagem