in

Cerca 180 mil aplicações para iPhone poderão ter os dias contados

CA Notícias | Entretenimento, desporto, tecnologia e lifestyle

Chegada do iOS 11 poderá colocar um fim a cerca de 180 mil aplicações para iPhone.

A Apple lançará nas próximas semanas uma nova versão do seu sistema operativo iOS 11 e com ele chegará uma grande mudança, há muito prevista, mas que nem todos poderão estar ainda preparados: A Apple deixará de suportar aplicações de 32 bits.

Como referido vários rumores já tinham sido avançados que a gigante de Cupertino em breve tomaria essa decisão, principalmente após a apresentação, em 2013, do processador de 64 bits no iPhone 5S, tendo a partir dessa altura, e de forma subtil, alertando os desenvolvedores para atualizarem as suas aplicações. Agora e praticamente quatro anos depois, ainda existem cerca de 180 mil aplicações que deixarão de funcionar quando chegar o iOS 11.

Em janeiro a Apple reforçou a incompatibilidade da nova versão do seu sistema operativo com aplicações desenvolvidas numa arquitetura de 32 bits ao enviar mensagens aos utilizadores.

Como referido acima nesta situação encontram-se cerca de 180 mil aplicações o que devido ao número enorme torna-se quase impossível de listar no entanto vale a pena salientar algumas:

  • YouTube Capture, uma aplicação de gravação de vídeo que no mês passado contou com 200 mil downloads
  • ISpadez, um aplicativo de jogo de cartas
  • Neo Nectaris, um jogo de estratégia militar
  • Infinity Blade, um jogo de luta de role-playing

Caso não tenha a certeza se tem ou não aplicações de 32 bits, não se preocupe, porque é bastante fácil de o verificar: entre em suas configurações, abra “Geral”, toque em “Sobre” e, em seguida, clique em “Aplicações”. Isso deverá mostrar quais das suas aplicações são de 32 bits – se não possuir aplicações de 32 bits, nada acontecerá quando clicar.

CA Notícias | Entretenimento, desporto, tecnologia e lifestyle

Florent Hanin chegou aos 50 jogo na Liga Portuguesa

CA Notícias | Entretenimento, desporto, tecnologia e lifestyle

Mayweather bateu McGregor no combate do ano