in ,

Caminhos da Pedra: Duas mil pessoas no primeiro fim de semana

, Caminhos da Pedra: Duas mil pessoas no primeiro fim de semana

Caminhos da Pedra recebeu cerca de 2 mil pessoas no primeiro fim de semana e há mais 20 atuações gratuitas de 18 a 21 de outubro.
Fique a conhecer o que ainda pode ver no segundo fim-de-semana do Caminhos da Pedra, que é também o último ciclo programático do Caminhos do Médio Tejo 2018.

Este fim-de-semana (12, 13 e 14 de outubro) deu início à programação do ciclo Caminhos da Pedra que continua esta semana, de 18 a 21 de outubro, integrado no Caminhos do Médio Tejo 2018.

Durante três dias, cerca de 2 mil pessoas assistiram a 34 atuações de 10 projetos artísticos, entre música, teatro de rua, circo contemporâneo, dança e percursos, que decorreram em Entroncamento, Ferreira do Zêzere, Sardoal e Tomar. O balanço foi positivo, com bastante público, algumas salas esgotadas e boa recetividade por parte dos visitantes.

A programação continua já nesta 5ª feira (dia 18) e decorre até domingo (dia 21), com ainda cerca de 20 atuações, desta vez nos municípios de Ferreira do Zêzere, Ourém, Sardoal, Torres Novas e Vila Nova da Barquinha.

Na música, o programa inclui concertos de La Negra, Norberto Lobo com Ricardo Jacinto e Marco Franco, Cristina Branco, Senza e Voz à Solta – um projeto de comunidade liderado pelo compositor Rui Souza que conta com a participação da população de Ourém e Vila Nova da Barquinha. No teatro, iremos assistir aos espetáculos Se eu vivesse, tu morrias, de Miguel Castro Caldas e Aurora, de Mandrágora; na área do circo contemporâneo, temos Gigante, de La Pequeña Victoria Cen e SAVAR A.M., da Companhia Erva Daninha, havendo também lugar para os percursos conduzidos por Burilar, De mapa na mão, e Francisco Goulão, Andão mortos por sima dos vivo.

Toda a programação do Caminhos do Médio Tejo é gratuita e destinada a todos os gostos e idades.

CAMINHOS DO MÉDIO TEJO 2018

O Caminhos do Médio Tejo 2018 – Programação Cultural em Rede – divide-se em três ciclos programáticos, que percorrem os acessos viários da região para chegar a todas as comunidades.

Em abril deste ano, teve lugar o Caminhos do Ferro, que acompanhou as linhas ferroviárias, em julho, o programa seguiu os cursos dos rios com o Caminhos da Água e, em outubro, percorre as estradas para assistirmos ao Caminhos da Pedra.

Criado em 2017 pela CIMT – Comunidade Intermunicipal do Médio Tejo e os 13 municípios integrantes, este projeto pretende proporcionar encontros em redor da cultura, colocando os recursos e espaços naturais ao serviço das comunidades. Encontros dos artistas com as comunidades, dos residentes com os vizinhos ou com outros visitantes, da arte com o entretenimento e da cultura com a paisagem natural.

, Xiaomi confirma Mi Mix 3 terá 10GB de RAM e suporte a 5G

Xiaomi confirma Mi Mix 3 terá 10GB de RAM e suporte a 5G

, Antevisão – O Primeiro Homem na Lua (2018)

Antevisão – O Primeiro Homem na Lua (2018)