Análise Gaming | “Yoshi’s Crafted World” (Nintendo Switch)

Disponível para: Nintendo Switch

“Yoshi’s Crafted World” é o novo exclusivo da Nintendo para a sua consola híbrida, a Switch. Tal como o último título da série Yoshi, “Woolly World”, este também transborda de charme, criatividade e felicidade.

O universo de Mario está repleta de personagens marcantes no mundo dos videojogos para além do próprio canalizador italiano. Wario, Luigi, Peach ou Toad, todos eles já tiveram títulos com o seu nome. Por isso, não é de estranhar que o dinossauro antropomórfico que ajuda Mario desde “Super Mario World” também tenha direito a sua série de videojogos. “Yoshi’s Crafted World” é o novo jogo do dinossauro, o primeiro disponível na Nintendo Switch.

NSwitch-YoshisCraftedWorld-01

Em “Yoshi’s Crafted World” encontramos os Yoshis numa vida pacífica à volta da Sundream Stone, uma pedra que tem o poder de tornar os sonhos realidade, até serem incomodados por Kamek e Baby Bowser, com a intenção de roubar esse poder. Não conseguiram roubar a pedra, mas as jóias que constituíam a pedra perderam-se pelo mundo, deixando a Yoshi e os seus amigos a tarefa de os recuperar. É com esta premissa que “Crafted World” se inicia. Como seria de esperar não há grande complexidade narrativa, deixando-nos “apenas” com o que realmente importa: diversão enquanto jogamos.

O controlo de Yoshi também não é complicado, temos um número pequeno de opções, como saltar, engolir os inimigos e atirá-los posteriormente como ovos. “Yoshi’s Crafted World” é um jogo simples e acessível, capaz de ser jogado por qualquer jogador e esse é um dos seus pontos fortes. Numa altura em que temos as lojas recheadas de jogos massivos que ocupam dezenas ou centenas de horas até serem completados, “Yoshi’s Crafted World” é a oferta ideal para sessões curtas. Não raras vezes, peguei na minha Switch para jogar “Yoshi’s Crafted World” durante as viagens de transportes públicos, pois o jogo assim o permite e o sugere até.

NSwitch-YoshisCraftedWorld-02

Graficamente repleto de cores, “Yoshi’s Crafted World” é um jogo que nos faz sentir bem, e o seu baixo nível de dificuldade permite apreciar todo o charme do jogo e o carinho com que foi feito. Musicalmente deixa um pouco a desejar com a repetição excessiva das melodias, levando-me até a passar grande parte do jogo com a Switch em mute.

Inspirado na premissa da reutilização de materiais, “Yoshi’s Crafted World” conta uma lição de vida, à sua forma. Para conseguirmos progredir em vários níveis é necessário encontrar e reutilizar certos materiais, o que pode ajudar na consciencialização dos mais novos sobre a reciclagem, o que é sempre positivo. Para além disso, Yoshi também tem a possibilidade de utilizar alguns dos objectos que deitamos fora no nosso dia-a-dia, como pacotes de leite, embalagens de chocolates, entre outros, oferecendo maior protecção ao pequeno dinossauro.

NSwitch-YoshisCraftedWorld-03

“Yoshi’s Crafted World”, para além do chamariz gráfico, vive da criatividade dos níveis e dos desafios que vamos encontrando ao longo da nossa aventura, que mesmo não sendo particularmente desafiantes, levam-nos a puxar pela cabeça o suficiente para nos manterem entretidos, principalmente para quem quiser encontrar tudo e completar o jogo a 100%.

“Yoshi’s Crafted World” é, provavelmente, o jogo mais adorável da Nintendo Switch, e é um título recomendado para os jogadores mais novos. Acessível e graficamente apelativo, é um jogo que faz as delícias de todos os que o jogarem, apesar de não oferecer um grande desafio. Mas que tem muito para oferecer, mesmo para os jogadores mais experientes, principalmente se estiverem à procura de um jogo para relaxar.

 

8

Yoshi's Crafted World

  • Guilherme Teixeira 8