in

ZULI + Schuro

, ZULI + Schuro

ZULI + Schuro

Música & Festivais | Concerto


Galeria Zé dos Bois

Galeria

Classificação Etária

Maiores de 6 anos

Bilhete Pago

Todas as Idades

Promotor

Associação Zé dos Bois

Breve Introdução

ZULI
Aglutinador e agitador central da fértil cena que vai, contra todas as contrariedades, sobrevivendo e inspirando no Cairo, Ahmed El Gazouly regressa a Lisboa já com justificado estatuto de estrela no firmamento da electrónica mais corajosa. ‘Terminal’, álbum lançado em 2018 pela UIQ, pontificou muita coisa para o futuro e soa, ainda hoje, visionário no espírito e a forma como trucida e recria de raíz cânones de género para daí chegar a algo verdadeiramente inaudito mas ainda assim, profundamente real. Tornando mais vestigiais as invocações para a pista de EP’s anteriores como ‘Numbers’ ou ‘Trigger Finger’, ‘Terminal’ cria um espaço físico e mental onde gravações de campo, o desenho espectral da electro-acústica, melodias fractais e despojos rítmicos em mutação de anos de escuta de hip-hop, música tradicional egípcia ou grime se expandem e refugiam continuamente, numa linha que tomaria contornos diarísticos com ‘One’, a entrada de ZULI na celebrada série Documenting Sound da Boomkat.

Sem que esse movimento indicie um abandono da dança, e após ter tido o seu laptop roubado e perdido todo o acervo de sons, ideias e os pre-masters de um EP que nunca iremos ouvir, ZULI reemerge dessa memória trágica para reaparcer com um arsenal de bangers já no ano passado com ‘All Caps’, novamente pela UIQ. Naquele que é talvez o seu disco mais directo, coordenadas do jungle, do footwork, grime e demais polirritmias ancestrais são reconfiguradas novamente para o futuro, sem acessos revisionistas mas com todo o respeito e saber por esse legado. Nesse contínuo, ZULI carrega no Aquário transformado pista a sua profusão de linguagens e destituição de normas para um dj set que se adivinha tão infeccioso como passível de abrir horizontes. À vontade. BS

Shcuro
Figura discreta mas de importância fulcral nas movidas nocturnas desta e de outras cidades, João Ervedosa tem sido instigador constante quer nos avanços da dança em Portugal quer na reposição de uma certa verdade histórica de como as coisas aconteceram por cá. Fundador da Sombra, da Paraíso, membro da Rádio Quântica, designer por excelência a presença assídua em muitas das casas que interessam, Shcuro traz à ZDB um manancial de escolhas capaz de açambarcar linhas ácidas, linhagens do hardcore continuum, techno ou electro alienante. E provavalmente mais. BS

Abertura de Portas

21h30

Preços

  • Entrada – 9€

Sessão

04 jun 2022 22:00

Duração

4 horas

Comprar Bilhete

, ZULI + Schuro

, Lotaria Clássica | Extração: 021/2022 – segunda-feira Data de extração – 23/05/2022

Lotaria Clássica | Extração: 021/2022 – segunda-feira Data de extração – 23/05/2022

, Peter Suede

Peter Suede