in

Xiaomi quer bater recorde, vendendo 90 milhões de unidades este ano

CA Notícias | Entretenimento, desporto, tecnologia e lifestyle

Xiaomi tem como objetivo chegar aos 90 milhões de unidades vendidas. Valor que ultrapassaria o seu melhor ano, em que chegou aos 70 milhões.

A fabricante chinesa Xiaomi, estabeleceu o objetivo de vender 90 milhões de unidades este ano. Número que caso seja alcançado pela empresa registará um novo record, batendo o alcançado em 2016, com 58 milhões e mesmo o seu melhor ano de sempre em que chegou aos 70 milhões.

Para alcançar este número enorme a Xiaomi continuará a sua aposta em dispositivos de gama de entrada, como é o caso do novo Redmi 5A que é comercializado por cerca de 77 euros. Um dispositivo bem interessante e que apesar do seu baixo valor a empresa decidiu usar materiais mais caros no seu fabrico.

Claro está que os dispositivos de topo da fabricante não são de colocar de parte, neste processo, até porque esses continuam a vender bastante bem. Como incentivo para alcançara a meta a que se propões a Xiaomi tem o facto de, só no mês de setembro ter vendido qualquer coisa como 10 milhões de unidades. Número que colocou a empresa como número dois na China, logo atrás da Huawei, mas à frente a Oppo e Vivo.

Num outro objetivo, mas para alcançara em 2020, o CEO Lei Jun que regressar à liderança da lista de fabricantes de smartphones na China.

CA Notícias | Entretenimento, desporto, tecnologia e lifestyle

Tondela improvisa para não cancelar treino

PlayStation 4 recebe edições limitadas de Star Wars: Battlefront II

PlayStation 4 recebe edições limitadas de Star Wars: Battlefront II