in

Softwares utilizados no âmbito escolar e académico em tempos de pandemia

software, Softwares utilizados no âmbito escolar e académico em tempos de pandemia

A tecnologia, atualmente, é parte integral da vida das pessoas ao redor de todo o mundo. De acordo com dados de plataformas como a Tec Mundo e diversas outras, por exemplo, o número de usuários da Internet em 2021 foi de 4.66 bilhões ao redor do mundo.


Ou seja, atualmente, a maior parte da população mundial acessa a Internet de maneira quase que diária. De maneira mais precisa, atualmente 56.7% da população mundial possui acesso à Internet.

Contudo, o avanço da pandemia de coronavírus no início do ano de 2020 fez com que diversas atividades presenciais, trabalhistas e de lazer, fossem suspensas e interrompidas de acordo com o avanço do vírus.

Neste período, o acesso à Internet disparou, de modo que diversas fontes, como a plataforma Olhar Digital, apontam que neste período o Brasil teve incríveis 152 milhões de usuários conectados, o que representa cerca de 80% da população do país.

Consequentemente, plataformas de download de jogos, como a Steam e a Epic Games; serviços de streaming como a Twitch e o Spotify; e até serviços acadêmicos e escolares como a My Study Bay viram seus números de acesso decolarem.

Pensando neste quadro massivo de acesso à Internet e a diversas outras plataformas durante a pandemia, hoje veremos quais os programas, softwares, plataformas e websites mais utilizados por professores, alunos e pesquisadores durante este período.

Aulas remotas, videoconferências e reuniões

software, Softwares utilizados no âmbito escolar e académico em tempos de pandemia

É fácil de notar, ainda mais agora que estamos nos aproximando do fim da pandemia de acordo com campanhas mundiais de vacinação em massa, que o maior impacto na vida dos estudantes e integrantes do universo escolar foi a adesão ao regime remoto de ensino.

O primeiro passo para a migração do ensino presencial para o ensino remoto foi a escolha de plataformas e programas que possibilitam a realização de videoconferências e, consequentemente, de aulas remotas.

Claro, assim como muitas coisas dentro do âmbito acadêmico e escolar, houve pontos positivos e negativos nesta migração. Contudo, para a continuidade das aulas e de trabalhos ser garantida, esta mudança foi necessária.

Mas quais foram os programas mais utilizados para esta situação? Como é a dinâmica de cada um destes softwares?

  • Google Classroom
  • Google Meet
  • Docs
  • Microsoft Teams
  • Zoom

Pergunte a qualquer aluno, de qualquer nível escolar, que teve suas aulas de maneira remota durante a pandemia quais as ferramentas utilizadas pela sua instituição de ensino e, possivelmente, ele citará algumas destas para você.

Classroom e a simulação do ambiente de sala de aula

software, Softwares utilizados no âmbito escolar e académico em tempos de pandemia

O primeiro website ou plataforma que podemos evidenciar é o Classroom, da Google. O Classroom é um website que permite a organização de uma sala de aula, por parte do professor, e também o acesso de alunos convidados para a aula em questão.

Ele conta com uma interface totalmente interativa, de modo que diversos professores podem criar salas de aula diferentes de acordo com suas disciplinas. 

Nestes espaços, os professores podem postar atividades, provas, comentários, vídeos, avisos e outras pendências escolares, permitindo também que os alunos interajam com o professor nas publicações e também que realizem publicações, requisitando plantões ou qualquer outra necessidade.

Portanto, praticamente todas as universidades utilizam do Google Classroom para a construção deste ambiente escolar em um cenário de educação remota.

Teams, Meet, Zoom e as videoconferências

Quanto às aulas remotas, de maneira mais específica, houve a necessidade de serem utilizados programas, softwares e plataformas que possibilitem a realização de videoconferências, que se tornou o modelo de aulas e reuniões a ser adotado.

E sem dúvidas, as três maiores plataformas do mercado, atualmente, quando o assunto são aulas remotas, reuniões e videoconferências são:

  • Google Meet
  • Microsoft Teams
  • Zoom

Claro que existem diversas outras plataformas destinadas às reuniões que também já eram amplamente utilizadas por empresas mesmo antes do surgimento da pandemia.

Contudo, em praticamente 90% dos casos estes três são os mais utilizados e empregados por escolas, empresas e outros grupos, sendo que cada um possui uma particularidade, porém, todos funcionam de forma extremamente similar.

Docs e a realização de provas e trabalhos em grupo

Além, claro, dos clássicos Microsoft Word e o PowerPoint, o Google Docs também têm sido amplamente empregado nas universidades, principalmente, pois permite que diversas pessoas editem o mesmo documento simultaneamente, de acordo com preferências de privacidade predefinidas pelo autor do documento.

Ou seja, um trabalho em grupo passado por um professor pode ser todo desenvolvido e escrito através do Google Docs, onde cada integrante do grupo pode realizar uma parte de maneira simultânea, com alguns editores editando o texto ao mesmo tempo.

Considerações finais

Conforme os anos passam e a tecnologia avança, o estudo e a educação como um todo tendem a ser fortemente impactados por este avanço.

Logo, mesmo após a pandemia, é provável que vejamos estes programas e plataformas sendo empregados de maneira cada vez mais regular em corriqueira, não só no ensino superior, mas também em escolas de nível fundamental e médio.

, The Elder Scrolls V: Skyrim Anniversary Edition Trailer

The Elder Scrolls V: Skyrim Anniversary Edition Trailer

, Lotaria Popular | Extração 45.ª – Apelidos Portugueses: Família Amaral

Lotaria Popular | Extração 45.ª – Apelidos Portugueses: Família Amaral