em ,

Phoenix confirmados no Super Bock Super Rock

Depois das confirmações de nomes como Lana Del Rey, The 1975Janelle Monáe, Cat Power, Migos, Kaytranada, Metronomy entre outros, há mais um cabeça-de-cartaz confirmado: os franceses Phoenix atuam dia 19 de julho, no Palco Super Bock.

 

Tudo começou nos subúrbios de Paris, quando o vocalista Thomas Mars, o baixista Deck D’Arcy e o guitarrista Christian Mazzalai decidiram fazer uma banda de garagem, como tantos outros jovens em plena década de 90. Pouco depois, o irmão de Mazzalai, o guitarrista Branco, também se juntou ao grupo. A banda começou por tocar versões de Hank Williams e Prince para audiências em pubs parisienses, ainda sem a assinatura Phoenix. O nome só surgiu uns anos mais tarde, aquando do lançamento dos primeiros singles, numa altura em que se dividiam entre o punk rock e o krautrock. A banda continuava em busca da sua identidade quando lançou “Heatwave”, um single muito próximo da estética disco dos anos 70. O caminho era esse: juntar muitas coisas e integrá-las numa linguagem Phoenix. O primeiro disco aparece no ano 2000. “United” conta com as participações de familiares e amigos, incluindo Thomas Bangalter (Daft Punk) e Philippe Zdar (Cassius). A seguir vieram os álbuns “Alphabetical” (2004) e “It’s Never Been Like That” (2006). Estes discos fizeram crescer a base de fãs da banda e também as boas críticas da imprensa, mas a aclamação só chagaria em 2009, com “Wolfgang Amadeus Phoenix”, um disco que ainda hoje é apontado como a obra-prima da banda e um dos melhores discos dos últimos dez anos. “1901”, “Lisztomania” ou “Countdown” ficaram no coração de melómanos de todo o mundo. Nunca é fácil continuar a surpreender depois de uma obra-prima, mas os Phoenix não acusaram a pressão e continuaram as testar os limites sua música nos discos seguintes. Em “Bankrupt!” (2013) e “Ti Amo” (2017) há experimentação, ecos orientais, muita memória (sempre a década de 70…), sintetizadores dominados com uma rara mestria e pérolas como “J-Boy”. E chegou a altura do público português gozar do talento autêntico destes quatro franceses, já no dia 19 de julho no Palco Super Bock do Super Bock Super Rock.

 

Já confirmados:

 

18 de julho

Palco Super Bock – Lana Del Rey, The 1975, Jungle, Cat Power

Palco EDP –  Metronomy, Branko, Dino D’Santiago, Glockenwise

Palco Somersby –   Conan Osíris,  Roosevelt

Palco LG by Rádio SBSR –  Sallim

 

19 de julho

Palco Super Bock – Phoenix, Kaytranada, Christine and the Queens, Shame

Palco EDP –  Charlotte Gainsbourg, Calexico and Iron & Wine, FKJ,
Conjunto Corona

Palco Somersby –  Ezra Collective

Palco LG by Rádio SBSR –  Galgo

 

20 de julho

Super Bock – Migos, Disclosure DJ Set, Janelle Monáe, Profjam

Palco EDP –  Gorgon City, Masego, Superorganism, Rubel

 

Preço dos Bilhetes

Terceiro lote de bilhetes:

Bilhete diário, dia 18 – ESGOTADO

Bilhete diário (dia 19 e dia 20) – 60€

Passe de 3 dias – 110€

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Paladins - Trailer Battle Byte Battle Pass (Nintendo Switch)

Paladins – Trailer Battle Byte Battle Pass (Nintendo Switch)

LIVERPOOLFCPORTO

LC: Liverpool vence (2-0) e dificulta vida do FC Porto para o Dragão