in

Patty Jenkins responde a críticas de James Cameron

Patty Jenkins responde a Cameron, Wonder Women polémica, Patty Jenkins, James Cameron, Cameron Wonder Woman, Patty Jenkins responde a críticas de James Cameron

Patty Jenkins, realizadora de Wonder Woman, reagiu aos comentários de James Cameron que considera o filme da DC, um “retrocesso” na caracterização da mulher. Jenkins explica que ainda que Cameron seja um grande realizador, “ele não é uma mulher”.  A resposta foi postada na sua conta oficial do twitter.

“A incapacidade de James Cameron em entender o que é a Wonder Woman e aquilo que ela representa para todas as mulheres é pouco surpreendente, porque que ainda que seja um óptimo realizador, não é uma mulher”, assim começa a argumentação de Patty Jenkins.

Um dia depois das declarações de Cameron, que podem ser lidas aqui, a realizadora defende que todas as mulheres devem ser tudo aquilo que os protagonistas masculinos são no ecrã. Apesar de agradecer o apoio que o realizador atribuiu à personagem central do seu anterior filme Monster, com Charlize Theron, Jenkins questiona como se pode afinal aumentar o espectro dessa evolução.

“Se a figura feminina tem sempre que ser árdua, dura e difícil para ser forte, e não somos livres para ser multidimensionais ou celebrar um ícone de todas as mulheres por que ela é bonita ou afetiva, então acabámos por não chegar muito longe, não é? “, pergunta.

https://canoticias.pt/entretenimento/james-cameron-wonder-woman-um-retrocesso/

As afirmações de James Cameron foram uma surpresa para alguns fãs do realizador, dada a sua importância de personagens femininas em filmes de acção, nomeadamente Sarah Connor (Linda Hamilton) em “Exterminador Implacável 2”.  Patty Jenkins mostrou-se pouco espantada com a “incapacidade” do realizador em entender o fenómeno, dado que este “não é uma mulher”.

“Não há certo ou errado numa mulher poderosa. E o público feminino massivo que fez do filme um sucesso pode certamente escolher e julgar os seus ícones de progresso”, conclui no twitter.

Wonder Woman arrecadou 676 milhões de dólares a nível mundial, estreando hoje no Japão. O êxito cimentou de imediato uma sequela, agendada para 2019, e rumores apontam para que Jenkins seja a realizadora mais bem paga de sempre com o novo projeto da DC em mãos.

, Fim de semana de animação nos canais TVCine

Fim de semana de animação nos canais TVCine

, O Filho – Jo Nesbø

O Filho – Jo Nesbø