Canal Alternativo de Notícias, as últimas notícias do mundo do desporto, da tecnologia e do entretenimento. Os últimos resultados, lançamentos, estreias.

NOS Alive – Entrevista aos Sound Bullet, vencedores do EDP Live Bands do Brasil

Sound Bullet Por Pedro Guarilha

Dia 13 de Julho, pelas 17 horas, o Palco Sagres do NOS Alive recebe a estreia da banda Carioca Sound Bullet, vencedores do EDP Live Bands do Brasil.

NOS Alive: Conheça os horários de cada um dos concertos

O EDP Live Bands continua a descobrir bandas de Portugal, Brasil e, este ano, Espanha. O concurso propociona a oportunidade a bandas emergentes de tocarem pela primeira vez em grandes festivais – como o NOS Alive, em Portugal, e o Mad Cool, em Espanha.

Directamente do Brasil, os Sound Bullet vão apresentar o seu indie rock no Palco Sagres do NOS Alive, a 13 de Julho. A banda carioca é formada por Fred Mattos (baixo), Rodrigo Tak-ming (guitarra), Henrique Wuensch (guitarra) e Pedro Mesquita (bateria). Desde o final de 2017, os Sound Bullet tem consolidado um lugar de destaque dn indie rock brasileiro com o lançamento do álbum “Terreno”, produzido por Patrick Laplan. Com uma sonoridade contagiante, o trabalho foi considerado pela crítica especializada um dos melhores discos do ano.

A CA Notícias esteve à conversa com o vocalista e guitarrista Guilherme Gonzalez para conhecer um pouco mais sobre a banda carioca e o que podemos esperar do concerto de dia 13 de Julho, para ler em baixo.

CA Notícias (CA) – Parabéns pela vitória no EDP Live Bands! Para os fãs portugueses que ainda não vos conhecem, como descreveriam os Sound Bullet?

Guilherme (G) – Muito Obrigado! Nós nos consideramos uma banda de indie rock, mas gostamos de misturar muitas coisas a isso. Temos um pouco de math rock, música brasileira e até mesmo um pouco de jazz. Em alguns momentos, mostramos um lado mais dançante, e em outros, temos músicas que trabalham mais ambientações.

CA – A vossa estreia em Portugal é logo no NOS Alive, num dos maiores festivais portugueses, com um line-up que vos influenciou muito – como é o caso dos Arctic Monkeys. Quando gravaram a cover de “The View From The Afternoon”, em 2016, imaginavam que este dia ia chegar?

G – Para ser bem sincero, não, não imaginávamos. Na verdade, nós temos ambições de tocar em grandes festivais, mas não esperávamos que acontecesse tão cedo, ainda mais começando pelo NOS Alive, um dos maiores festivais do mundo.

CA – Para isso tiveram de ganhar o EDP Live Bands. Como souberam da oportunidade e houve hesitação na participação?

G – Soubemos pela internet, pelos próprios canais de divulgação do EDP Live Bands. Não houve hesitação, sabíamos que era um concurso muito grande, muito bem organizado, e a premiação é incrível. Por isso, não pensamos duas vezes.

Churky venceu o 5º EDP Live Bands

CA – Este concurso abre portas a uma parceria transatlântica. Como está a cena Indie Rock no Brasil? E conhecem alguma banda portuguesa?

G – Estamos passando por um bom momento aqui no Brasil, com ótimas bandas novas surgindo. Muitas ainda não tem muito espaço na mídia, mas estão crescendo rapidamente. O panorama é bem positivo. Em relação às bandas portuguesas, infelizmente não conhecemos muitas, mas gostamos bastante da Churky, vencedora da edição portuguesa do EDP Live Bands.

Churky, os vencedores do EDP Live Bands de Portugal

CA – Para os fãs portugueses que nunca foram a um concerto vosso, o que podem esperar?

G – Podem esperar um show bem intenso e muito animado. Estamos muito felizes com essa oportunidade e muito ansiosos! Estamos preparando um show que passa por todos nosso trabalhos lançados, em especial nosso disco Terreno.

Albúm “Terreno” dos Sound Bullet

CA Notícias NOS Alive - Entrevista aos Sound Bullet, vencedores do EDP Live Bands do Brasil
Sound Bullet Por Pedro Guarilha

Este site utiliza cookies para melhorar a sua experiência. Ao continuar está a concordar com a utilização dos mesmos. Pode saber mais consultando a nossa Politica de Privacidade. AceitarSaber mais

X