in

Millennium Estoril Open: Pablo Carreño Busta é o novo campeão

, Millennium Estoril Open: Pablo Carreño Busta é o novo campeão

O tenista espanhol Pablo Carreño Busta, primeiro cabeça de série, sagrou-se este domingo campeão do Estoril Open, ao vencer o luxemburguês Gilles Muller, terceiro pré-designado, em dois ‘sets’.


Finalista derrotado no ano passado, o 21.º do ‘ranking’ bateu o 28º tenista mundial, por 6-2, 7-6 (7-5), em uma hora e 22 minutos.

Este é o terceiro título da carreira para Carreño Busta, 21.º jogador do ‘ranking’. O espanhol, de 25 anos, que em 2016 foi derrotado na final pelo compatriota Nicolas Almagro, já tinha erguido o troféu de vencedor em Moscovo e Winston-Salem, na temporada passada

Pablo Carreño Busta fez jus na prática ao favoritismo teórico com que chegou a esta 3.ª edição do Millennium Estoril Open, ao defender com sucesso o estatuto de primeiro cabeça de série durante a sua participação no maior torneio de ténis realizado em Portugal.

Depois das presenças na meia-final em 2015, e na final em 2016, o tenista espanhol (21.º) conseguiu finalmente sair do Clube de Ténis no Estoril com o título de campeão de singulares na bagagem, após derrotar na final deste domingo, em pleno Estádio Millennium, o veterano luxemburguês Gilles Muller (28.º), por 6-2 e 7-6(5), em uma hora e 22 minutos.

O encontro de reedição dos quartos de final da edição de 2015 do torneio português (na altura o espanhol vencera por 6-2 e 6-4) começou de forma algo atípica, com ambos os jogadores a perdem os seus primeiros jogos de serviço. Contudo, não demorou muito até que Carreño Busta assumisse as rédeas da primeira partida, quebrando mais duas vezes o serviço do luxemburguês, que disputava a primeira final da carreira no pó de tijolo, para sair na frente do marcador.

Ao contrário do set inaugural, no parcial seguinte não houve lugar a uma única quebra de serviço de parte a parte, com o equilíbrio e um bom nível de jogo de ambos os tenistas a serem as notas dominantes, mas, diga-se, o espanhol nunca viu verdadeiramente ameaçado o seu estatuto de principal favorito à vitória final.

, Jorge Jesus: “Parecia que era um jogo mais fácil, com um ambiente bonito”

Jorge Jesus: “Parecia que era um jogo mais fácil, com um ambiente bonito”

, Belenenses é vice-Campeão Nacional de Futebol de mesa

Belenenses é vice-Campeão Nacional de Futebol de mesa