in , ,

Marvel’s Guardians of The Galaxy (XBOX Series X) | Análise Gaming

guardians of the galaxy, Marvel’s Guardians of The Galaxy (XBOX Series X) | Análise Gaming

Marvel’s Guardians of The Galaxy é uma das grandes surpresas do ano e um jogo que é recomendado a qualquer fã da Marvel e dos seus super-heróis. Conheça aqui a nossa análise.

Quando em 2008 Dan Abnett e Andy Lanning introduziram os Guardians of The Galaxy pela primeira vez no mundo da banda desenhada da Marvel certamente poucos poderiam esperar que Star-Lord, Drax, Groot, Gamora e Rocket Racoon se tornariam personagens centrais do MCU (o chamado Universo Cinematográfico da Marvel).


guardians of the galaxy, Marvel’s Guardians of The Galaxy (XBOX Series X) | Análise Gaming

A Mavel existe desde 1939 e são muitos os heróis e personagens que acabaram por se tornar icónicas ao longo do tempo. Spider-Man, Hulk, Thor, Capitão América, Wolverine, Iron Man, entre muitos outros. Por isso, o sucesso que os Guardians of The Galaxy obtiveram dentro do MCU a partir do filme original de James Gunn de 2014 foi surpreendente, que no meio de tanta pop culture mais conhecida, os Guardiões da Galáxia se conseguiram destacar.

Isso deveu-se ao facto do filme ser considerado, por muitos, como o melhor filme do MCU, mas também devido ao carisma e dinâmica deste grupo de personagens, Como tal, o sucesso dos Guardiões no mundo cinematográfico rapidamente se iria transportar para outras paisagens, como a dos videojogos.

guardians of the galaxy, Marvel’s Guardians of The Galaxy (XBOX Series X) | Análise Gaming

Em 2017 a Telltale Games trouxe-nos um jogo episódico, muito ao estilo do estúdio que não agradou a 100% aos fãs e acabou por passar ao lado do sucesso cinematográfico. Felizmente, a Marvel não deixou de apostar nestes heróis para o mundo dos videojogos, e eis que há poucos dias Marvel’s Guardians of The Galaxy foi lançado.

Marvel’s Guardians of The Galaxy é o novo jogo da Eidos Montreal, o estúdio que foi responsável pelos Deus Ex mais recentes, e é mais um sucesso para o estúdio da Square Enix. Marvel’s Guardians of The Galaxy é uma obra que demonstra bem o carinho que os developers têm pelo conteúdo original.

Neste jogo encontramos os nossos heróis 12 anos depois da Galactic War, acreditamos nós que tenha sido uma decisão pensada nos escritórios da Marvel para não coincidir com a timeline que vemos no MCU. Ou seja, neste jogo não existe Thanos e portanto encontramos os nossos Guardiões a trabalharem para pagar contas e sobreviveram. Algo com o qual todos nos relacionamos, sejamos super-heróis a navegar na Milano ou sejamos nós um funcionário público no Planeta Terra.

guardians of the galaxy, Marvel’s Guardians of The Galaxy (XBOX Series X) | Análise Gaming

Com esta introdução poderia-se perspectivar que a narrativa do jogo iria tomar um segundo lugar na prioridade da Eidos Montreal, mas tal não podia estar mais longe da verdade. A escrita de Marvel’s Guardians of the Galaxy é uma das melhores que experienciamos neste ano. Sente-se a léguas a química e a dinâmica entre as nossas personagens principais e ficamos com a ideia de que estas personagens conhecem-se e gostam umas das outras, logo nos primeiros minutos. A história do jogo reflecte e foca-se nas relações entre os nossos Guardiões e também em relação ao seu passado antes de se encontrarem. E uma parte interessante, é que nós podemos influenciar o caminho da história com as decisões que tomámos (à lá Mass Effect style). Não são decisões que implicam mudanças extraordinárias, mas ajuda à nossa imersão com a história do jogo, até porque as nossas decisões serão lembradas ao longo do tempo pelos nossos colegas Guardiões.

Em Marvel’s Guardians of the Galaxy controlamos Star-Lord e é obviamente a personagem que vamos conhecer melhor neste jogo. Apesar de ser uma escolha sensata, a verdade é que gostaríamos de poder controlar as outras personagens da equipa em qualquer parte do jogo, mas tal não é possível. Podemos sim, pedir aos nossos colegas Guardiões para exeutarem certas acções que nos ajudam a progredir, seja na exploração dos ambientes e plataformas ou então em combate.

Cada Guardião tem as suas habilidades específicas que complementam-se com as dos colegas, o que faz com que a acção deste jogo apesar de puder parecer caótica, pode também ser uma sinfonia ofensiva ao som do Rock dos anos 80. A variedade de opções faz com que a jogabilidade deste jogo, em combate ou em exploração seja muito divertida.

E falando em variedade e Rock dos anos 80, é impossível não falar da forma como a Eidos Montreal aproveitou essa característica do universo dos Guardians of The Galaxy para os videojogos. Para além de termos uma playlist fantástica e que podemos ouvir durante as viagens espaciais na Milano, podemos também fazer um Huddle com os Guardiões em momento de combate ao som de uma música (aleatória) dessa playlist. No Huddle temos um pequeno pep-talk com os Guardiões e onde tentamos inspirá-los até à vitória, enquanto ouvimos músicas que são por elas só icónicas e motivadoras.

 

guardians of the galaxy, Marvel’s Guardians of The Galaxy (XBOX Series X) | Análise Gaming

 

 

Marvel’s Guardians of The Galaxy não é perfeito, tem pontos que deveriam ter sido limados antes do seu lançamento, mas é a maior surpresa da indústria deste ano, sem grande exagero nesta minha declaração. Pois Marvel’s Guardians of the Galaxy foi anunciado na E3 deste ano, sem grande pompa e circunstância (talvez influenciado pela crítica menos receptiva a Marvel’s Avengers). No entanto, a experinência que este novo jogo da Eidos Montreal oferece é uma das melhores do ano, com uma escrita magnífica e uma representação quase perfeita do universo dos Guardians of the Galaxy para o universo dos videojogos. Recomendamos Marvel’s Guardians of the Galaxy a qualquer fã da Marvel e de videojogos em geral e esperamos sinceramente que a Eidos Montreal não fique por aqui com estes heróis.

Marvel's Guardians of The Galaxy (XBOX Series X) | Análise Gaming
guardians of the galaxy, Marvel’s Guardians of The Galaxy (XBOX Series X) | Análise Gaming

Marvel's Guardians of The Galaxy é uma das grandes surpresas do ano e um jogo que é recomendado a qualquer fã da Marvel e dos seus super-heróis. Conheça aqui a nossa análise.

Product In-Stock: InStock

Avaliação do editor:
4.5
, Gossip Girl – Segunda Parte | Trailer | HBO Portugal

Gossip Girl – Segunda Parte | Trailer | HBO Portugal

, Outriders: New Horizon & Worldslayer Trailer

Outriders: New Horizon & Worldslayer Trailer