in , ,

Maratona Leonardo DiCaprio a caminho do aniversário com a Netflix

netflix-2

É já no dia 11 deste mês (Novembro) que Leonardo DiCaprio completa 43 anos de vida, recheados de bons filmes e prémios. De forma a celebrar o aniversário do actor, propomos uma maratona composta por cinco filmes do actor, todos disponíveis na Netflix.

Os filmes são:

  1. A Praia – Richard viaja até à Tailândia e acaba por descobrir um estranho mapa, que segundo dizem, leva quem o descobrir até uma praia paradisíaca isolada. Excitado e ao mesmo tempo intrigado, ele decide ir em busca da mesma.
  2. A Vida Deste Rapaz
  3. A Origem
  4. The Departed – Entre Inimigos
  5. The Revenant, (que valeu o tão aguardado e merecido Óscar de Melhor Actor a DiCaprio)

Nós vamos ver e analisar os cinco filmes do actor, começando pelo primeiro “A Praia“. Um filme de 2000, realizado por Danny Boyle, que conta com Leonardo DiCaprio, Tilda Swinton, Virginie Ledoyen, Guillaume Canet, Paterson Joseph, Staffan Kihlborn e Robert Carlyle no elenco.

Este é um filme com um ritmo irregular, repleto de mudanças constantes na narrativa e ainda transformações do protagonista, interpretado por DiCaprio. No filme temos Richard, um jovem cuja vida se resume unicamente a viajar, mas atenção, que Richard não é o típico turista, que visita pontos turísticos em busca da melhor fotografia, ele procura conhecer verdadeiramente a cultura do país que está a visitar.

 

É numa dessas viagens, num hotel barato na Tailândia, mais concretamente, em Banguecoque, que Richard conhece um estranho que lhe revela a existência de um lugar ao qual chama “Praia”. Logo de seguida, o homem comete suicídio deixando um mapa com sangue, que indica a localização do paraíso escondido que o homem lhe falou.

Como em qualquer história, o protagonista sente-se curioso e decide ir em busca do tal local, convidando um casal de franceses para o acompanharem. Ao fim de algumas aventuras, os três viajantes chegam à tal praia e são recebidos por uma comunidade hippie que habita o local há já seis anos. Surge assim a oportunidade de uma vida, os três jovens vão poder viver no paraíso, mas em pouco tempo descobrem o terrível preço que têm de pagar para o fazer.

Desde logo, o filme tem uma fotografia absolutamente deslumbrante, afinal, estamos num local paradisíaco e por alguns momentos, imaginamos que o paraíso é assim mesmo. Só que na verdade estamos numa praia onde habita uma comunidade pequena, que ao pensarmos bem, quer fugir às responsabilidades do dia-a-dia e tem ali o escape perfeito.

A ideia do filme é bem pensada, tentando apresentar a quem o vê como funciona uma comunidade que tem como objectivo fugir ao capitalismo, aos problemas e às correrias do dia-a-dia, mas acaba por se perder um pouco do tema, focando-se mais nas transformações do protagonista ao longo dos acontecimentos do filme.

Não é um mau filme, mas também não é o filme mais brilhante na carreira do actor. Apresentam-nos uma realidade diferente, um mundo quase perfeito, só que acaba por se parecer a um sonho e como sabemos, mais cedo ou mais tarde acabamos por acordar e damos de caras com a realidade, que nem sempre é o que esperamos. O filme acaba por ser um bom exemplo disso mesmo.

CA Notícias | Entretenimento, desporto, tecnologia e lifestyle

5 sugestões de livros para leitores compulsivos

CA Notícias | Entretenimento, desporto, tecnologia e lifestyle

Benfica sai vitorioso da Cidade Berço (3-1)