in

Loafing Hero ‘Jabuti’ + Shaka’s Lo-Fi Experience

, Loafing Hero ‘Jabuti’ + Shaka’s Lo-Fi Experience

Loafing Hero ‘Jabuti’ + Shaka’s Lo-Fi Experience

Música & Festivais | Concerto


Galeria Zé dos Bois

Galeria

Classificação Etária

Maiores de 16 anos

Bilhete Pago

Todas as Idades

Promotor

Associação Zé dos Bois

Breve Introdução

Loafing Hero
“Jabuti” arranca com “Vagamundo”, tema que joga com palavras e, sobretudo, motivos que explicam a razão por detrás do primeiro álbum a solo de Bartholomew Ryan enquanto Loafing Hero. O músico e filósofo irlandês, que reside em Lisboa há algum tempo, tirou o plural da sua banda, os The Loafing Heroes (onde participam João Tordo, Giulia Gallina, Judith Retzlik e Jaime McGill), e assumiu que se iria reencontrar e resolver-se nas oito canções que compõem “Jabuti”. Gravado durante uma residência artística em 2020 no meio da selva brasileira, em Espírito Santo, Ryan aproveitou a sua estadia num mosteiro budista para experimentar um processo criativo intenso e impulsivo, que explora as suas fragilidades e descobertas pessoais, bem como inocência, calma e partilha.

Ao longo de alguns dias, o músico decidiu criar canções a partir do nada, uma por dia, usando apenas a sua voz e guitarra. Daí, “Vagamundo”, “Jabuti” está em constante reconhecimento da jornada que o envolveu, é um álbum à deriva por todo o lado, existindo e respirando nesse estado de presença deslocalizada, destituído de qualquer ideia de fixação. É um excelente tema de abertura para esta viagem, as constantes mutações acolhem as diferentes inspirações – não só musicais – de Bartholomew Ryan para os temas seguintes: quando se chega ao tema final, “Iguatu”, é inevitável sentir que é um homem mudado. Com ele, a sua música também foi mudando e quando se volta às canções, sente-se que já não são as mesmas. Por outras palavras, cresce a cada audição.

Ajuda o trabalho realizado após o seu regresso à Europa, com o produtor Tadklimp (produziu Notwist e muitos títulos do catálogo da berlinense Morr Music). Vestiram as canções com mais instrumentos e ambientes que colocam “Jabuti” numa espécie de filho tardio das canções mais calmas de “Ok Computer”, dos Radiohead. A apresentação ao vivo destas belíssimas canções acontece no início da Primavera, momento mais do que apropriado para renascer em conjunto com Bartholomew Ryan e as canções com alma de selva e coração pacificado de “Jabuti”.

Shaka’s Lo-Fi Experience
Joaquim de Brito, aka Shaka, is a Portuguese musician. While living in Seattle, and inspired by the Northwest’s unique combination of urban energy and pure nature, Shaka created “Shaka’s Lo-Fi Experience” – a tribute to Jimi Hendrix’s groundbreaking electric sound and to Naná Vasconcelos unparalleled percussive talent. In concert, Shaka plays a berimbau (a single-string percussion instrument of African origin) and lo-fi apparatus. In January 2022, Shaka released his solo album called Shaka’s Lo-Fi Experience (label: Garden Collective), containing sonically experimental tracks such as ‘Second Extinction’, ‘Refugee’, and ‘Native American’.

Abertura de Portas

21:00

Preços

  • Entrada – 8€

Sessão

31 mar 2022 22:00

Duração

4 horas

Intervalo

Sem Intervalo.

Morada

Rua da Barroca nº 59
1200-047 Lisboa

Comprar Bilhete

, Loafing Hero ‘Jabuti’ + Shaka’s Lo-Fi Experience

, UNiiQU3 + Xexa + Danifox

UNiiQU3 + Xexa + Danifox

, ALTERNATIVA à 5INTA – NÁDIA SCHILLING

ALTERNATIVA à 5INTA – NÁDIA SCHILLING