in

“Jogo Duplo”: Prisão preventiva para três dos quinze detidos

Jogo Duplo: Prisão preventiva para três dos quinze detidos, “Jogo Duplo”: Prisão preventiva para três dos quinze detidos

No âmbito da operação “Jogo Duplo”, três dos quinze detidos ficaram em prisão preventiva. Foram eles, Diego Tavares, Gustavo Oliveira e Carlos Silva, que ficaram assim com a medida de coação mais elevada, enquanto os restantes suspeitos ficaram com termo de identidade e residência, para além de estarem impedidos de contactar entre si.

Segundo a mesma fonte judicial, o presidente da SAD do Leixões, Carlos Oliveira, e o diretor-desportivo, Nuno Silva, ficaram suspensos de exercer funções na SAD e no clube de Matosinhos ou noutro clube desportivo.
Os interrogatórios decorreram ao longo do dia de ontem no Tribunal de Instrução Criminal de Lisboa. Em causa estão suspeitas de manipulação de resultados de jogos da segunda liga com recurso a aliciamento de jogadores.

, Futsal: Captações Iniciados e de Juvenis

Futsal: Captações Iniciados e de Juvenis

, Rock in Rio: Horários dos concertos divulgados

Rock in Rio: Horários dos concertos divulgados