in

Hora do Sereno: Ragas do Norte da Índia

, Hora do Sereno: Ragas do Norte da Índia

Hora do Sereno: Ragas do Norte da Índia

Música & Festivais | Concerto



Museu do Oriente

Auditório

Classificação Etária

Maiores de 6 anos

Bilhete Pago

A partir dos 3 anos

Promotor

Museu do Oriente (Fundação Oriente)

Breve Introdução

A música clássica hindustani é a música do norte da Índia, a música de ragas.
 
Cada raga tem uma escala (com sete notas, como no ocidente), mas não pode ser definido só pelas suas notas, tal como uma receita não pode ser definida só pela lista de ingredientes. Os ragas têm uma maneira subtil de se mover entre notas, com caminhos diferentes para subir e descer, e frases que captam uma atmosfera única – quase sempre ligada a uma certa altura do dia ou noite.
 
Além das composições, a música indiana dá um papel central à improvisação, com ou sem palavras, com ou sem ritmo, e os talas (os ciclos rítmicos) também introduzem um outro eixo nesta elaboração.

Ficha Artística


Sudeshna Bhattacharya (sarode)
Tarun Chattopadhyay (tabla)
e Luso Sangeet
 
Sudeshna Bhattacharya é música da rica tradição musical do norte da Índia. O instrumento dela, o sarode, com mais de um metro de cumprimento e dezanove cordas, é descendente do rababe, instrumento da Ásia central, e adaptado à música indiana. Tal como um violino, o sarode não tem trastes, assim possibilitando tocar os microtons subtis tão essenciais na música indiana.
 
Sudeshna começou a aprender o Sarode aos quatro anos, da maneira tradicional, com seu pai, um músico respeitado por seu conhecimento da antiga tradição vocal do dhrupad, bem como do sarod. Desde o seu primeiro concerto público aos sete anos de idade, ganhou bolsas e concursos nacionais.
A partir dos oito anos, começou a aprender com o lendário Ustad Amjad Ali Khan, tornando-se sua discípula, e foi a pessoa mais jovem a receber uma bolsa de estudos nacional indiana, que recebeu até os vinte anos. Durante este tempo, se apresentou regularmente no rádio e na televisão. Aos vinte anos, ela se formou no conservatório de música de Allahabad, com mais anos de bolsa de estudos nacional e prémios em 2001 e 2002. Ela também possui um diploma “Sangeet Visharead” de Varanasi.
 
 A sua primeira digressão europeia em 1999 para a Bélgica, Suíça, França, Suécia e Noruega levaram a apresentações regulares, incluindo, a partir de 2003, um convite para o festival internacional Strictly Mondial do Ministério da Cultura em França, com  um contrato de dez anos, morando em Marselha, e tocando concertos frequentes, a ensinar e fazer gravações.
 
Sudeshna já se apresentou na Índia, França, Noruega, Portugal, Inglaterra, Argélia, Espanha, Itália, Israel, Bélgica, Grécia, Suíça, Hungria, Reunião, Mônaco, Marrocos, Tailândia, Dinamarca, Romênia e Suécia.  Ela agora vive na Noruega, e desde 2015 é professora universitária para estudantes de mestrado na Academia Norueguesa de Música, e faz concertos, gravações, e projetos musicais percorrendo o mundo com música clássica indiana e de fusão.
 
Tarun Chattopadhyay começou a aprender tabla desde a infância, e também tem formação em tocar harmonium. Ele tem sido artista regular para All-India-Radio e Televisão. Acompanhou inúmeros músicos eminentes; entre eles a cantora Subhra Guha (professora de Stephen Bull), e também tocou no prestigiado ‘Ganga Ustab’ dirigido pelo maestro Ustad Amjad Ali Khan (professor de Sudeshna).
 
Luso Sangeet é composto por músicos portugueses, ou residentes em Portugal ou viajantes frequentes a este país: Stephen Bull (violino e composição), Riky Choudhuri (flauta indiana), Elsa Braga (voz), Miguel Lourenço (tabla), e uma presença para nós muito especial, Tarun Chattopadhyay (tabla).
 
 
 

Preços

Bilhete 12€
(descontos em vigor)

Sessão

16 set 2022 19:00

Duração

105 minutos

Abertura Portas

18:30

Intervalo

Sem Intervalo.

Transportes Públicos

Autocarros e eléctricos
Av. 24 de julho – 15E, 18E, 728, 732, 760
Av. Infante Santo – 720, 738
Av. de Ceuta – 712, 713, 714, 727, 742, 751 e 756

Comboios
Linha de Cascais (Estação de Alcântara) *
Linha da Azambuja (Alcântara-Terra)
* Na estação de Alcântara existe uma passagem subterrânea para peões com saída junto ao Museu.

Estacionamento

Parque público junto ao Museu.

Comprar Bilhete

, Hora do Sereno: Ragas do Norte da Índia

, Se Vivêssemos num Lugar Normal

Se Vivêssemos num Lugar Normal

, As Dusk Falls Trailer de lançamento

As Dusk Falls Trailer de lançamento