“A Guerra dos Tronos” resumida ao máximo antes da nova temporada

Sete temporadas de “A Guerra dos Tronos” num “breve” resumo.

Está prestes a estrear a última temporada de “A Guerra dos Tronos” (Game of Thrones), então deixamos aqui um resumo de tudo o que aconteceu ao longo das outras sete temporadas! Poderá ver a nova temporada em estreia mundial tanto no SYFY como na HBO Portugal.

A nova (e última) temporada de “A Guerra dos Tronos” (Game of Thrones) está aí à porta e certamente vai chamar à atenção de muita gente que nunca viu a série, mas que de algum modo ganhou um certo interesse devido a todo o hype existente.

Pois, bem, para essas pessoas, as más notícias é que a série já existe desde 2011, conta com sete temporadas, sessenta e sete episódios, cada um com cerca de uma hora. Ou seja, para alguém que nunca viu a série, seriam necessárias mais de 67 horas em frente ao ecrã para ver tudo. As boas notícias é que se quer ver “A Guerra dos Tronos” e nunca viu nenhum dos outros episódios, basicamente basta ler este resumo (mesmo muito simplificado, vá) para ficar a par do que já aconteceu e do que se vai passar nesta temporada.

 

TEMPORADA 1

S1

Comecemos pela primeira temporada, onde logo no primeiro episódio somos apresentados a três das principais famílias da série: os Stark, os Lannister e os Targaryen. Numa altura em que tudo ainda estava bem, Lannisters e Baratheon (Cersei Lannister, uma das protagonistas da série, era casada com o Rei de Westeros, Robert Baratheon) vão a Winterfell, a casa dos Stark. É então nessa noite que Bran Stark, um rapaz irrequieto que adora escalar pelas muralhas, vê Cersei numa relação incestuosa com o seu irmão Jaime Lannister. Claro está, Jaime decide proteger a irmã (pois esta descoberta ia resultar num grande escândalo!) e empurra Bran da Torre, por amor, deixando-o paraplégico. E assim começa verdadeiramente “A Guerra dos Tronos”!

Nesta primeira temporada, Ned Stark parte para King’s Landing, que é a capital do Reino, e leva consigo as suas filhas Arya e Sansa, que está perdida de amores com Joffrey Baratheon, que não é nada mais do que o filho de Cersei e Jaime (shiu! Faz de conta que é filho de Robert!). Ao mesmo tempo, Jon Snow (que na altura ainda apenas era o bastardo de Ned) junta-se à Patrulha da Noite, com o intuito de proteger a Muralha que separa o Reino do lado selvagem, onde existem muitos perigos, como é o caso dos Caminhantes Brancos (governados pelo Night King – mas já falamos mais nele em breve).

 

Maratona de “A Guerra dos Tronos” no SYFY para meter a série em dia

 

Enfim, como já devem ter percebido, os Stark dividiram-se e, na verdade, nunca mais voltaram a ser como antes. Regressando à capital, entretanto Robert morre (pois é envenenado) e Ned descobre que o real sucessor ao trono é um bastardo. Esta descoberta não foi boa para ele e este é morto (por decapitação), numa ordem dos Lannister – uma das mortes mais tristes da série, é preciso dizer.

Ao mesmo tempo e muito distante, ficamos a conhecer também os Targaryen e os Dothraki. Daenerys Targaryen, já ouviram falar dela, certo? Ao início, esta é apenas uma rapariga assustada que foi vendida pelo seu irmão aos Dothraki e casa com o líder Khal Drogo, que ao início abusa dela, mas com o qual acaba por descobrir o verdadeiro amor. Acontece que não tarda muito, Khal Drogo morre e Daenerys renasce das cinzas, tal e qual uma fénix, juntamente com três pequenos dragões, cujos ovos tinham sido uma prenda de casamento. É assim que ficamos a conhecer a Rainha dos Dragões.

 

TEMPORADA 2

S2

Já na segunda temporada, reinam os Lannister. Joffrey mantem Sansa como noiva, mas também como prisioneira. Por sua vez, Arya Stark conseguiu fugir. Tyrion Lannister, o irmão odiado de Cersei, torna-se conselheiro de Joffrey – mas este pouco liga ao que ele diz.

Como é óbvio, a morte de Ned precisa de ser vingada e então temos Robb Stark, o filho mais velho de Ned, a autoproclamar-se Rei do Norte – desrespeitando o Rei de Westeros. Ao mesmo tempo, temos também Stannis Baratheon, irmão de Robert, a invadir King’s Landing, mas sem sucesso; mais tarde, também ele se proclamará rei. Daenerys Targaryen, que pertence a uma família com direito ao trono (de quem os Baratheon tinham usurpado o trono), ainda está muito longe e está quase excluída do Reino, tal como Jon Snow, que agora na muralha também pouco contacto tem com o interior.

 

TEMPORADA 3

S3

Chegamos agora à terceira temporada, que trouxe um dos episódios mais marcantes da série. Tudo corre mal para os Stark. Temos Arya a tentar voltar para Winterfell, acompanhada pelo Hound, um homem com muitas cicatrizes causadas pelo fogo; Sansa continua com os Lannister, mas estes mudam de planos e decidem casá-la com Tyrion, para que Joffrey case com Margaery Tyrell (de modo a estabelecer uma aliança com esta família).

Robb encontra um novo amor e quebra uma promessa que tinha feito a Walder Frey de casar com a sua filha (também de modo a estabelecer uma aliança) e chegamos assim ao Casamento Vermelho. Durante o casamento de Robb, os Frey vingam-se e matam toda a gente, incluindo Robb e Catelyn, a mulher de Ned Stark. E Arya, já em Winterfell, assiste a tudo isto…

 

TEMPORADA 4

S4

Quarta temporada, cá estamos nós. Depois do Casamento Vermelho, a família Bolton fica com Winterfell e os jovens Stark, Bran e Ricckon, são levados para norte da Muralha por uma selvagem e Hodor.

Em King’s Landing, o casamento também não correu bem para Joffrey, que foi envenenado. Sansa, com a ajuda de Littlefinger, foge. Tyrion Lannister recebe as culpas pela morte do sobrinho, mas umas temporadas mais à frente ficamos a saber que foi obra dos Tyrell. Cersei quer matar Tyrion, mas este pede um combate e temos então a morte mais violenta da série, a de Oberyn Martell, que lutava para salvar a vida de Tyrion; este acaba por conseguir fugir, com a ajuda de Jaime, que ao contrário de Cersei não o odeia. Por sua vez, Arya vai para Braavos, em busca dos Homens Sem Rosto. Daenerys Targaryen, por esta altura, está a reunir exércitos e os seus dragões já começam a ficar crescidos.

 

TEMPORADA 5

S5

Já na quinta temporada, Sansa é levada para Winterfell e depois de ter estado noiva de um monstro, fica novamente noiva de outro ainda pior, Ramsay Bolton, que é um grande lunático e sádico. Mas assim, ao menos, temos um Stark em Winterfell.

Na capital, Tommen, o filho de Cersei, é posto no trono. Poucos o levam a sério, pois o segredo de Cersei acaba por ser descoberto e esta é humilhada numa caminhada pelas ruas.

Por esta altura, os Selvagens começam a atacar a Muralha e a Patrulha da Noite só consegue vencê-los com a ajuda de Stannis e da sua “amiga” feiticeira Melisandre. Finalmente, nesta temporada começamos a ter uma maior noção do que está para além da Muralha. Mas nem tudo é bom, pois no final temos a “morte” (entre muitas aspas) de Snow, que é “assassinado” pelos seus homens, que não concordam com a sua ideia de uma aliança com os Selvagens para enfrentar um perigo maior que são os Caminhantes Brancos.

 

TEMPORADA 6

S6

A sexta temporada foi das mais aguardadas, pois a anterior deixou-nos no suspense, a pensar se Snow teria realmente morrido. Bem, morreu, mas regressou à vida pelas mãos de Melisandre. Depois do seu “renascimento”, este vai para Winterfell e dá-se a Batalha dos Bastardos, no qual este vence Ramsay (Sansa vinga-se!), mas perde Rickon. Jon Snow é então proclamado como Rei do Norte.

Em King’s Landing, Cersei vinga-se da ordem religiosa que expôs o seu segredo e que a humilhou e, basicamente, lança tudo pelos ares, com recurso ao fogo verde. Assim acabou com 99% da linhagem dos Tyrell, mas isso custou-lhe também a vida do filho, que, depois de descobrir que a sua amada Margaery tinha morrido, suicidou-se.

Arya finalmente encontra um bom caminho e torna-se numa excelente assassina e começa finalmente a sua vingança dos Frey. Daenerys, por sua vez, ainda continua distante, mas conquista ainda mais os Dothraki e também os homens das Ilhas de Ferro.

Bran Stark anda agora às costas de Hodor (é nesta temporada que finalmente passamos a gostar de Hodor…) e torna-se num “vidente” (se assim podemos dizer), o Corvo de Três Olhos. Basicamente, Bran passa a ter conhecimento de TUDO! E com isto quero dizer que Bran sabe que Jon Snow não é um bastardo… Mas sim um Targaryen! Filho de uma relação entre Lyanna Stark (a irmã de Ned) e Rhaegar Targaryen.

 

TEMPORADA 7

S7

Na sétima temporada, Daenerys finalmente chega a Westeros e convoca Jon Snow, Rei do Norte, a conselho de Tyrion, que agora está com ela, para um encontro com o objetivo de formar uma aliança contra os Lannister. É quando Snow parte para o Sul que Arya regressa a Winterfell, onde tem um encontro emotivo com Sansa. Depois, as duas vingam-se de Littlefinger, que tinha entregado Sansa aos Bolton.

Nesta mesma temporada temos “a última dos Tyrell”, Olenna, a admitir que tinha sido ela a envenenar Joffrey, mas logo de seguida morre também envenenada (mas com muito estilo!).

Numa altura em que o Império dos Mortos começa a ganhar mais força, a Muralha cai e é depois de uma grande Batalha que o Night King captura Viserion, um dos dragões de Daenerys. Ou seja, agora juntou-se um dragão aos mortos!

Já no final, Jon Snow e Daenerys começam a apaixonar-se e dormem juntos, mal sabendo que são familiares. As únicas pessoas que sabem que Snow é um Targaryen neste momento são Bran e o seu fiel amigo Sam (também pertenceu à Patrulha da Noite), mas este ainda está um pouco longe para lhe contar…

Resumo feito (muito por alto, eu sei, mas é melhor que nada)! Tudo a postos para o regresso de “A Guerra dos Tronos” (Game of Thrones)! A série estreia dia 14 nos Estados Unidos e poderá ser vista na madrugada de 14 para 15 às 2h da manhã no Syfy e no HBO Portugal!