in

Fúria Azul responde ao jornal O Jogo 

Fúria Azul, Belenenses, Fúria Azul responde ao jornal O Jogo 

A Associação de Adeptos Fúria Azul, ao abrigo do direito de resposta, responde ao jornal O Jogo, na sequência da notícia hoje publicada no referido jornal desportivo, considerando que esta não pode passar sem resposta.


Referindo-se aos acontecimentos do passado domingo e demarcando-se da organização de um protesto, apesar de se sentir perseguida pela SAD Belenenses.

Na publicação a Fúria Azul recorre ainda a um vídeo captado por um adepto, alegadamente por altura dos incidentes com Abel Camará, para fazer valer que não existe qualquer tentativa de agressão ao Capitão do emblema do Restelo.


Leia o comunicado na íntegra:

“Na sequência da notícia que o jornal o Jogo publica hoje na edição em papel, e que anexamos, referente aos acontecimentos do passado domingo à noite e que contem um rol de mentiras que não podem passar sem resposta, vem a Associação de Adeptos Furia Azul informar que enviámos para a redação do jornal, ao abrigo do direito de resposta a seguinte nota:

Ao Cuidado do Chefe de redação e dos jornalistas Carlos Pereira Santos e Rodrigo Cortez,

Na sequência da notícia que publicam hoje na vossa edição em papel referente aos acontecimentos do passado domingo à noite no final do jogo entre o CF Os Belenenses SAD e o Paços de Ferreira, e onde acusam a Fúria Azul de estar envolvida na origem da contestação aos atletas, vimos por este meio e ao abrigo do direito de resposta, clarificar e refutar tais acusações. Uma notícia para ser credível tem que ser escrita com conhecimento de todos os factos e não recolhendo informação de uma só fonte, neste caso da SAD do Clube. A notícia refere alguns dados que demonstram isso mesmo, o perfeito desconhecimento dos factos e da realidade, senão vejamos:

1 – A Fúria Azul não é um grupo ilegal, a Fúria Azul é uma Associação Juvenil registada no IPJ e reconhecida em Diário da República como Associação de Adeptos Fúria Azul com Sede Social no Estádio do Restelo.

2 – A Associação de Adeptos Furia Azul foi reconhecida por aclamação numa Assembleia Geral do CF Os Belenenses como Núcleo Oficial do Clube. Não confundir Núcleo com Claque.

3 – Pela razão atrás descrita a sede do Núcleo é no complexo do Restelo, fora do perímetro do estádio.

4 – Devido a uma interpretação muito própria da Lei, no que à organização de eventos desportivos diz respeito, a Belenenses SAD proíbe em todos os jogos disputados pela equipa profissional de futebol no Restelo, a entrada de todo e qualquer material alusivo ao Núcleo.

5 – Enquanto Associação Juvenil e Núcleo Oficial do Clube, não organizámos nenhum protesto no domingo passado após o jogo com o Paços de Ferreira. Os sócios e adeptos do CF os Belenenses que participaram no protesto, fizeram-no de livre e espontânea vontade usando o direito que a constituição dá a todos os cidadãos de se manifestarem.

6 – Apesar de sentirmos que somos de várias formas “perseguidos” pela Administração de Os Belenenses SAD, a não entrada de material alusivo ao Clube que tenha o nome da Associação, o impedimento de poder viajar nos autocarros organizados para apoiar a equipa de Futebol nos jogos fora do Restelo, entre outras formas, nunca deixaremos de, enquanto Sócios e Adeptos do CF os Belenenses, dizer presente a apoiar a equipa de futebol profissional do Belenenses.

Enquanto Associação Juvenil tudo temos feito para dinamizar e promover o apoio às atividades desportivas, culturais e recreativas promovidas pelo CF Os Belenenses, é esse o nosso objetivo. Enquanto Núcleo Oficial do CF Os Belenenses vamos continuar a ser a voz da massa associativa jovem do Clube, aplaudindo quando a situação o justifica mas não deixaremos de defender os interesses do Clube de Futebol os Belenenses sempre que necessário.

PS: Enviamos para vossa visualização e análise um vídeo feito por um Sócio do Clube e onde facilmente se vê que não houve qualquer tentativa de agressão à esposa do atleta.

Lisboa, 2 de maio de 2017

A Direção da Associação de Adeptos Fúria Azul”

Artigo editado para corrigir o jornal em questão, visto que o jornal era O Jogo e não o Record como por lapso publicámos.

, Provedor dos Sócios repudia «mentiras e calúnias» sobre alegada agressão a companheira de Abel Camará

Provedor dos Sócios repudia «mentiras e calúnias» sobre alegada agressão a companheira de Abel Camará

, Portugal a uma vitória de seguir em frente no Mundial de Futebol de Praia

Portugal a uma vitória de seguir em frente no Mundial de Futebol de Praia