Crítica Cinema – “Ralph vs Internet” (Ralph Breaks the Internet)

Um filme realizado por Rich Moore e Phil Johnston.

Foi em 2012 que ficámos a conhecer Ralph e Vanellope em “Wreck it Ralph”, realizado por Rich Moore, um filme que nos levou numa pequena viagem pelo mundo dos jogos arcade. Já aí tivemos um filme cheio de nostalgia, ideal para as crianças, mas também perfeito para os adultos que muitas vezes as acompanham durante este género de filmes. O sucesso do filme foi tanto, que agora temos a tão esperada sequela.

- Publicidade -

“Ralph vs Internet, novamente realizado por Rich Moore e também por Phil Johnston, traz o regresso de Ralph e Vanellope, que desde o primeiro filme ficaram grandes amigos. No entanto, este filme é mais atual e mostra a realidade: os jogos arcade já não estão na moda e a Internet tornou-se no centro das atenções.

Capa

A premissa do filme é bastante simples: Ralph e Vanellope partem em busca de uma salvação para o Sugar Rush (o jogo de Vanellope) na Internet. No entanto, a Internet é um mundo vasto e diferente da central de jogos em que os dois amigos vivem. Por isso, ambos vão ter de enfrentar novos obstáculos, que podem pôr em causa a sua amizade.

Podemos já dizer que este novo filme está mais adulto que o seu antecessor e mostra um mundo que é mais explorado pelos adultos e não tanto pelas crianças. Talvez existam mesmo muitas cenas que as crianças não vão perceber. No entanto, estas continuam a ser o público-alvo, por isso, ao mesmo tempo temos presente uma importante lição para os mais novos, como é normal nos filmes da Disney.

3

A Internet é representada neste filme de um modo incrível. O filme apresenta não apenas os lados bons da Internet, mas também os seus aspetos negativos, levando-nos numa viagem pela “deep web” e explorando o grande problema que são os vírus. A exploração das diferentes plataformas foi bastante interessante e, ao mesmo tempo, capaz de mostrar uma crítica à sociedade atual – como é bastante visível quando chega o momento de, por exemplo, visitarmos o Instagram.

A amizade entre Ralph e Vanellope continua a ser o ponto fulcral e revela-se mais trabalhada que no filme anterior. No início do filme, os dois são amigos inseparáveis que partilham uma rotina diária; no final do filme, a sua amizade cresce, assim como eles. Continuam inseparáveis, mas respeitam mais os desejos de cada um.

2

O grande destaque deste filme talvez seja mesmo a exploração da Disney dos seus diversos “mundos” e personagens. Visualmente, sabemos que estamos perante algo estrondoso quando Vanellope chega ao “Oh My Disney” e temos perante nós várias personagens da Disney todas juntas. A cena das princesas, claro, é um dos pontos altos do filme, alertando para a desigualdade de género, mas com um grande toque de humor.

O resultado de “Ralph vs Internet” é um filme moderno, fresco, colorido, capaz de criticar a atualidade ao mesmo tempo que entrega pura entretenimento. Ao explorar a Internet, a Disney propôs-se a apresentar um filme bastante trabalhado. Felizmente, o resultado mostra bastante bem a realidade atual e talvez esse seja o motivo principal pelo qual é tão bem-sucedido.

Crítica Cinema – “Ralph vs Internet” (Ralph Breaks the Internet) - CA Notícias
Crítica Cinema – “Ralph vs Internet” (Ralph Breaks the Internet)
Foi em 2012 que ficámos a conhecer Ralph e Vanellope em “Wreck it Ralph”. Agora os dois amigos regressam em “Ralph vs Internet”, num filme moderno que nos leva para o interior da Internet.
Editor's Rating:
4
80%

Ralph vs Internet (Ralph Breaks the Internet)

Ralph, o vilão dos videojogos e a sua companheira Vanellope Von Schweetz, vão arriscar tudo ao aventurarem-se pelo universo da web para procurarem uma peça que irá salvar o videojogo de Vanellope, o Sugar Rush. A sua jornada leva-os ao vasto mundo da internet, um mundo que Vanellope adota completamente - tanto que Ralph receia perder a única amiga que alguma vez teve.
  • Joana Maria

- Publicidade -