em

Antevisão: Belenenses x Nacional

Hoje jogam 13º e 14º classificados, Belenenses e Nacional, respectivamente. O Restelo recebe, às 18h, a equipa insular em jogo a contar para a 16º jornada da Liga NOS.

Não está a ser uma primeira volta famosa por parte dos alvinegros. O Nacional encontra-se a seis pontos da linha de água, À entrada para a penúltima jornada da primeira volta. Teremos que recuar duas épocas para observar um bom arranque do clube da Choupana. Porém, o Nacional continua a ser uma equipa aguerrida como sempre nos habituou. Um estádio difícil e um estilo de jogo bem ao estilo de Manuel Machado. Os madeirenses podem iniciar a partida com Rui Silva, Nuno Campos, Zainadine, Rui Correia, Sequeira, Ali Ghazal, Bonilha, Willyan, Agra, Tiquinho Soares e João Aurélio.

Do lado do Belenenses, Velázquez quererá, com toda a certeza, repetir o triunfo caseiro que marcou a sua estreia. Com novo encontro marcado diante os seus adeptos, o novo técnico azul terá mais uma oportunidade de mostrar um cunho na equipa que conduz. Será uma boa oportunidade para a turma do Restelo descolar do Nacional, criando um fosso de quatro pontos para a turma insular. Face às ausências de Luís Leal e Carlos Martins, Tiago Caeiro e Tiago Silva estarão na calha para subir ao relvado quando o primeiro apito soar. Ventura, João Amorim, Gonçalo Brandão, João Afonso, F. Ferreira, André Sousa, Rúben Pinto, Tiago Silva, Sturgeon, Tiago Caeiro e Kuca poderão ser os eleitos para figurar no onze titular dos homens de Belém.

Este é um jogo de aflitos em que todos os pontos começam a ser fulcrais para que a distância dos lugares de despromoção aumente e os lugares de acesso europeu deixem de ser uma mera miragem. Apenas e só a vitória interessará a ambas as equipas.

O jogo terá a arbitragem de Bruno Paixão.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Lito Vidigal tem opção

Já são conhecidos os árbitros para a 17.ª jornada

XIAOMI REDMI Note 3 desconto de 58%

XIAOMI REDMI Note 3 desconto de 58%