in

Antevisão: Belenenses – Paços de Ferreira

, Antevisão: Belenenses – Paços de Ferreira

A equipa da capital do móvel desloca-se à capital do país para o último jogo da 23ª jornada do campeonato nacional, Os Belenenses recebem o Paços de Ferreira.

São duas posições e quatro pontos que separam as equipas, os Belenenses na 6ª posição e o Paços na 8ª. Nada muda para a equipa do Restelo que aconteça o que acontecer mantém a posição, já os Pacenses com a vitória sobem ao 7º lugar, e com o empate igualam em pontos o Nacional, mantendo a posição actual apenas separados pela diferença de golos.

No jogo com a equipa de Paulo Fonseca não se espera tarefa fácil, é uma equipa de treinador, joga aberta com qualquer equipa e é bastante sustentável nas transições. Tem como maior força o centro do terreno e avançados possantes. Não é uma equipa de pressão muito alta, não é de esperar os mais avançados na área azul a fazer correrias, joga num sistema de espera, mas sempre à frente do meio-campo.

Como tinha referido o centro do terreno é onde o Paços vai tentar ganhar vantagem, Michael Seri, aquele pequeno médio defensivo é um irrequieto por natureza, não ataca ou ataca pouco mas está em todo o espaço defensivo. Apesar da pequena estatura é bastante possante. É suposto que Lito o tente bloquear. Outro para olhar com redobrada atenção é Rúben Pinto que certamente fará par com Seri, a lesão de Sérgio Oliveira faz com que o jogador sobressaia nas transições ofensivas.

Cícero, também está indisponível, logo será certa a presença de Bruno Moreira, o avançado que virá inspirado depois de marcar na última jornada ao Guimarães, é um artilheiro bastante móvel e faz muito bem a espera enquanto a equipa sobe. A servi-lo, aposto na qualidade e imprevisibilidade de Diogo Rosado e na experiência de Manuel José.

Não será um jogo fácil para o Belenenses, o Paços é uma equipa com poucas soluções mas bastante qualidade. Nunca se prende num mau resultado e tenta sempre a vitória. Aos azuis cabe dominar o jogo desde o início, bloqueando o centro do terreno explorando as alas.

Estes 3 pontos serviam não só para manter distância mas também para começar a ameaçar o 5º lugar do Guimarães que ficaria a precisamente a 3 pontos.

, Rugby: Era preciso ganhar e ganharam

Rugby: Era preciso ganhar e ganharam

, Triatlo: Vasco, Madalena e Rafael vencem no Algarve

Triatlo: Vasco, Madalena e Rafael vencem no Algarve