“Amor, a Nossa Vida” é o mais recente single dos Capitão Fausto

Os Capitão Fausto estrearam novo single “Amor, a Nossa Vida” e anunciaram datas de apresentação ao vivo do novo álbum “A Invenção do Dia Claro”, em Lisboa e Porto.

“Amor, a Nossa Vida” é o novo avanço para “A Invenção do Dia Claro”, o quarto álbum de originais de CAPITÃO FAUSTO, que tem lançamento agendado para Março deste ano.

O vídeo, filmado pelo parceiro do costume Ricardo Oliveira, centra-se na banda e nos seus instrumentos, isolando-os num fundo negro. Esta opção estética é também simbólica pois, sem artifícios, emerge uma simplicidade a preto e branco, sem distracções para aquilo que realmente interessa: a música.

Os CAPITÃO FAUSTO enfrentam, em momentos, a câmera, olhando o espectador de frente criando um jogo de tensões e forças que, embora invisíveis, pretendem estimular o espectador.

“Amor, a Nossa Vida” sucede às canções “Sempre Bem” e “Faço as Vontades, que farão parte do alinhamento do álbum “A Invenção do Dia Claro”, gravado nos Red Bull Studios (São Paulo) por Rodrigo “Funai” Costa, assistido por Alejandra Luciani e Fernando Ianni, e produzido e misturado em Alvalade pelos Capitão Fausto. A masterização esteve a cargo de Brian Lucey no Magic Garden Mastering em Los Angeles.

A capa é da responsabilidade de Vitor da Silva, ilustrador e designer gráfico responsável pela criação do grafismo de jornais notáveis como o “Expresso”, o “Tempo” e “Correio da Manhã”.

Hoje são também reveladas as primeiras datas de uma extensa digressão de apresentação que passará pela Casa da Música (Porto) no dia 4 de Abril, e pelo Capitólio (Lisboa) no dia 6 de Abril.

Antes do início da digressão de apresentação do novo álbum “A Invenção do Dia Claro”, o grupo apresentar-se-á  ao vivo na tour de clubes “Até que enfim!”, que irá passar por sete cidades durante mês de Fevereiro e onde o grupo apresentará pela primeira vez algumas das novas canções, antes de estas serem editadas.

“A Invenção do Dia Claro” é o sucessor de “Capitão Fausto Têm os Dias Contados”.