em ,

Agenda Cultural – 21 a 27 de Maio

Mais uma semana de Maio que nos traz novos espectáculos para serem vistos. Ficam de seguida, algumas sugestões para se ir ao teatro esta semana. Teatro Académico Gil Vicente | Teatro Viriato | Teatro Municipal Rivoli | Teatro Nacional D. Maria II

Mais uma semana de Maio que nos traz novos espectáculos para serem vistos. Ficam de seguida, algumas sugestões para se ir ao teatro esta semana.

Dia 22, o Teatro Académico Gil Vicente, em Coimbra, recebe o espectáculo Teoria 5S, de Ana Vitorino, Carlos Costa, João Martins. Um grupo de pessoas mergulha no seu arquivo comum, forçando-as aos ensinamentos e regras trazidas por uma especialista em metodologias de organização. O espetáculo, inspira-se no confronto com o arquivo que o Visões Úteis criou ao longo de mais de duas décadas, e é marcado pelo reencontro com dois atores que ocupam um lugar muito especial nesse arquivo e na própria história do teatro do Porto, Jorge Paupério e Óscar Branco.Teoria5s © Jose Caldeira Tmp2

De dia 24 a 26, Filhos do Retorno sobe ao palco do Teatro Viriato, em Viseu. Como é que as gerações que não viveram o período do colonialismo português directamente se relacionam com as memórias dos pais? Esta é uma das perguntas de partida que dão corpo a este espectáculo, que se constrói a partir de testemunhos de uma geração (ou de mais do que uma) que, não tendo vivido o período colonial português, o reviveu através das memórias e experiências dos pais ou familiares próximos.

Nos dias 25 e 26, Estrutura estará no Teatro Municipal Rivoli, no Porto. Cinquenta anos depois do Maio de 68, a Estrutura propõe-se a olhar para esse movimento para criar um espetáculo que pretende pensar o conceito de revolução nos dias de hoje. M18 olha para trás, para questionar o presente e lutar por um futuro. Uma criação de Cátia Pinheiro e José Nunes.M18

De 25 a 27, Nada Acontece Como Planeamos estreia no Teatro Nacional D. Maria II, em Lisboa. Tiago Rodrigues escreve e dirige uma peça para os dezasseis finalistas da escola de teatro suíça La Manufacture. Uma entrevista num jornal de um especialista em prevenção de atentados terroristas serve de ponto de partida para este espectáculo. O especialista comentava um simulacro que as forças de segurança tinham feito e dizia que a regra de ouro é saber que as coisas nunca acontecem como planeamos. O paralelo com o teatro era evidente: um simulacro preparado ao detalhe que só tem razão de existir se abraçar o imprevisto.Nadaacontece 1920x947 5015860425aabf103c6a69

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Mishlawi tem novo single, ‘FMR’

WIND RIVER estreia esta noite nos Canais TVCine

WIND RIVER estreia esta noite nos Canais TVCine