in ,

Título da UEFA Nations League vale liderança de audiências

CA Notícias | Entretenimento, desporto, tecnologia e lifestyle

A seleção portuguesa conquistou a primeira edição da UEFA Nations League, o mais recente modelo competitivo introduzido pelo organismo que tutela o futebol europeu. Fora de campo, foram vários os que exultaram com a vitória “lusa”, nas bancadas no estádio do Dragão ou frente aos ecrãs. A campeã da Europa em título não foi a única grande vencedora da noite. Afinal, o triunfo português transmitido pela RTP1 foi o programa mais visto do ano, registo alcançado no mês de junho.

A “final-four” da UEFA Nations League, disputada no norte do país, teve a concurso as seleções de Portugal, Suíça, Inglaterra e Holanda. Os dois duelos da equipa portuguesa, ambos disputados no estádio do Dragão e transmitidos pela RTP1, bateram recordes. A meia-final entre Portugal e Suíça, disputada no dia 5 de junho, tornou-se nessa mesma data o programa mais visto do ano com nada mais nada menos que uma audiência média de 24,2 por cento, um share de 53 por cento e uma média de 2,345,7 milhões de telespetadores por minuto. Segundo os dados disponibilizados pela RTP1, emissora do jogo, o “pico” da transmissão foi às 21h39, altura em que mais de três milhões sintonizavam a RTP1. Até final do ano civil de 2019, a seleção portuguesa ainda vai disputar pelo menos mais seis desafios oficiais e pode deixar os seus palpites em futebol na Betfair, sendo que todos os jogos vão contar com transmissão na RTP1.

Fonte: “Pexels”

De resto, o anterior recorde de programa mais visto no ano de 2019 também pertencia à RTP1 e igualmente com um encontro da seleção portuguesa. O embate com a Sérvia de qualificação para o Euro 2020 que terminou empatado a um com gols Dusan Tadic e Danilo Pereira, disputado a 25 de março no estádio da Luz, contou com uma audiência média de 23 por cento.

Pós-final bate recordes

Sem surpresas, o máximo estabelecido pelo Portugal – Suíça foi superado no dia da decisão que opôs a equipa nacional à Holanda, formação que tinha levado a melhor diante da Inglaterra nas meias-finais. O encontro que decorreu no estáduo do Dragão no dia 9 de junho teve, segundo os dados divulgados pela GfK/CAEM, uma média de 27,6 por cento de share e 61,6 por cento de share durante o jogo.

No entanto, surpreenda-se, não foi durante os 90 minutos da vitória nacional graças a um golo de Gonçalo Guedes que se registou a maior audiência. O “pós-jogo” teve ainda mais espetadores ao contar com 27,9 por dento de audiência. Ora, os 90 minutos do encontro e o pós-jogo são, até à data, os dois programas mais vistos do ano civil de 2019 na televisão portuguesa.

Até final do ano, a seleção nacional voltará a atuar em sinal aberto. No mês de setembro, a seleção portuguesa vai ter um duplo compromisso longe do território nacional, com as deslocações à Sérvia e à Lituânia. Já em outubro, enfrentará o Luxemburgo em casa e deslocar-se-á à Ucrânia, ao passo que o ano terminará precisamente com uma ida ao Luxemburgo e com a receção à Lituânia. Todos os encontros são de qualificação para o Euro 2020.

Fonte: “Pexels”
CA Notícias | Entretenimento, desporto, tecnologia e lifestyle

Acer Predator é o novo patrocinador da liga profissional de Tom Clancy’s Rainbow Six

CA Notícias | Entretenimento, desporto, tecnologia e lifestyle

Márcia confirmada no cartaz do EDP Fado Cafe no NOS Alive