“Stronger: A Força de Viver” estreia hoje no TVCine 1

Com estreia no Festival de Cinema de Toronto, Stronger: A Força de Viver é um filme dramático que mostra como a esperança e a força são inesgotáveis.

Stronger: A Força de Viver é a história inspiradora e verídica de Jeff Bauman, um homem comum que conquistou os corações da sua cidade e do mundo, tornando-se um símbolo de esperança, depois de sobreviver ao ataque terrorista da Maratona de Boston, em 2013.

Crítica: “Stronger – A Força de Viver” (Stronger)

O atentado de Boston provocou de imediato três mortos e 264 feridos, e mais dois mortos e 16 feridos três dias depois, durante uma perseguição policial. Jeff Bauman, que esperava ansiosamente a chegada de Erin Hurley à meta, estava entre os feridos. Foi ele quem, depois da cirurgia a que foi submetido onde lhe foram amputadas as duas pernas para poder sobreviver, identificou os autores do atentado: Dzhokhar e Tamerlan Tsarnaev, dois irmãos norte-americanos de origem tchetchena.

As suas indicações levaram à captura dos responsáveis, tornando-o um herói nacional. Apesar do reconhecimento, Bauman teve muita dificuldade em lidar com a deficiência e com a fama. Incansável no seu esforço de o ajudar esteve Erin, com quem Bauman acabou por se envolver romanticamente e que se tornou a sua esperança.

Com Jake Gyllenhaal no papel principal, o filme conta também com interpretações de Tatiana Maslany, Miranda Richardson e Clancy Brown. O argumento é de John Pollono (This is Us), que explora de forma arrepiante e emocionante o tema, por si só dramático, pesado e instigante, penetrando na verdade dos factos.