em

SEAT e IBM revolucionam a mobilidade urbana com Inteligência Artificial Um acordo entre duas empresas

A SEAT e a IBM anunciaram hoje o desenvolvimento de uma nova solução concebida para transformar a condução nas cidades.

A SEAT e a IBM anunciaram hoje o desenvolvimento de uma nova solução concebida para transformar a condução nas cidades.

SEAT-and-IBM-revolutionise-urban-mobility-with-AI_01_HQ

“Mobility Advisor”, que vem um dia depois da SEAT apresentar o seu novo concept car SEAT Minimó, com o qual promete revolucionar a mobilidade urbana, utiliza a inteligência artificial da IBM Watson para ajudar os citadinos a tomar decisões informadas no dia-a-dia sobre diferentes opções de transporte: carros, motas, bicicletas ou transportes públicos.

SEAT-and-IBM-revolutionise-urban-mobility-with-AI_02_HQ

SEAT-and-IBM-revolutionise-urban-mobility-with-AI_03_HQ

 

 

 

 

 

  • A SEAT apresenta o “Mobility Advisor”, um conceito teste com tecnologia IBM Watson e alojado na IBM Cloud.
  • Faz parte da estratégia de micromobilidade da SEAT proporcionar aos utilizadores alternativas personalizadas e amigas do ambiente, desde o automóvel até à scooter eléctrica eXS

SEAT Minimó, o veículo que revolucionará a mobilidade

“Os engarrafamentos e os desafios ambientais estão a criar uma grande pressão para que as cidades se transformem”, afirma Jordi Caus, diretor de Novos Conceitos de Mobilidade Urbana da SEAT. “Na SEAT estamos a liderar o caminho e a trabalhar com cidades e empresas de tecnologia para criar soluções que facilitem a mobilidade e a tornem mais eficiente. Com as suas tecnologias avançadas na cloud e AI, a IBM ajuda-nos a criar novas abordagens para a mobilidade que transformam a nossa estratégia, melhorando a vida das pessoas que vivem em áreas urbanas”, acrescenta

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Sony Xperia L3 | Fabricante anunciou o novo modelo de gama de entrada

Vivo iQoo aparece no Geekbench antes do lançamento na China

Vivo iQoo aparece no Geekbench antes do lançamento na China