in

Sánchez critica adeptos e árbitro

CA Notícias | Entretenimento, desporto, tecnologia e lifestyle

Erwin Sánchez após a derrota com o Belenenses por 0-1, e consequente eliminação da sua equipa da Taça da Liga, disparou críticas em várias direcções, incluindo adeptos, equipa e arbitragem.

O técnico do Boavista mostrou-se descontente com a “falta de eficácia na concretização” pelos ataques da sua equipa, e quando questionado sobre a reacção do Boavista após o golo do Belenenses, Sánchez respondeu assim:

“Vou responder com uma pergunta: quantas oportunidades criámos, depois disso?”, afirmou.

Sobre o jogo, o timoneiro axadrezado não gostou da primeira parte com um “futebol pouco vistoso de parte a parte”, e referindo que o golo de Dinis Almeida foi “contra a corrente”.

Sánchez foi mais longe no seu descontentamento, e criticou os adeptos boavisteiros:

“Muita gente pensa que andamos a brincar com o nosso trabalho. É pena que isto aconteça, mas, tenho muitos anos de futebol e digo-o sem temor: sofremos mais pressões aqui em casa do que fora, o que é uma pena.
Eu não me preocupo, mas, os jogadores são jovens, é uma equipa em formação, a cimentar conceitos para que eles estejam contentes, e podem não assimilar”.

Para finalizar, ainda deixou suspeitas sobre o trabalho realizado por Hélder Malheiro, o árbitro da partida:

“Faz parte do futebol, o nosso público, se calhar, é mais exigente do que noutros sítios. Fazemos tudo o que está ao nosso alcance. Hoje, não foi conseguido, mas não é falta de trabalho. E não é fácil jogar contra mais do que onze. Não vou falar da arbitragem, senão sou suspenso.”.

CA Notícias | Entretenimento, desporto, tecnologia e lifestyle

Futsal arranca a vencer no Acácio Rosa

CA Notícias | Entretenimento, desporto, tecnologia e lifestyle

Quim Machado: “É sempre bom entrar a ganhar”