in

Samsung Galaxy S9 deverá manter leitor de impressões digitais na traseira

Ming-Chi Kuo, analista da KGI, prevê que o Samsung Galaxy S9 mantenha o leitor de impressões digitais na parte traseira.

Passaram apenas três meses desde que a Samsung lançou o Galaxy S8 e já está a chegar às bocas do mundo rumores relativamente aquele que o irá substituir. Falamos claro está, do Galaxy S9 que deverá ser apresentado ao mundo no inicio de 2018.

Neste caso em concreto o foco passa pelo leitor de impressões digitais, que Ming-Chi Kuo, analista da KGI, acredita que se manterá posicionado na parte traseira do equipamento. Ou seja tal e qual como no Samsung Galaxy S8, que tem sofrido algumas criticas quanto a este posicionamento, uma vez que os utilizadores acabam por falhar o sensor e acabam por atingir a câmara traseira. Embora no Samsung Galaxy S9 a KGI preveja que a fabricante sul-coreana tenha em mente os comentários dos seus cliente e opte por passar o sensor biométrico para um lugar mais ergonómico.

As bases para este relatório do analista prende-se com a Apple e o futuro iPhone 8. E a resposta é simples, o futuro dispositivo da fabricante de Cupertino marca o abandono do uso do sensor de impressão digital passando a utilizar a deteção facial. Isto após ter sido noticiado, no inicio do ano, que a Apple estava a enfrentar vários problema para incorporar o Touch ID no ecrã.

Ou seja a Samsung não terá que correr o risco em colocar o leitor de impressões digitais na frente do Galaxy S9, ganhando assim mais tempo, deixando assim as expetativas recaírem para que este sensor chegue na frente mas do Galaxy Note 9, que deverá chegar no outono de 2018.

Jorge Gabriel e Carlos Cruz acreditam que Belenenses é candidato à descida

Spotify mantém aposta no podcast e traz aba para o menu